Lance Lisca fala que empate seria mais justo no duelo com o Palmeiras, mas exalta qualidade do rival

Lisca fala que empate seria mais justo no duelo com o Palmeiras, mas exalta qualidade do rival

O América-MG teve chances de avançar à final da Cppa do Brasil, mas a qualidade do elenco alviverde prevaleceu no jogo de volta das semifinais, no Horto

Lance
Lance

Lance

Lance

O América-MG fez uma campanha histórica na Copa do Brasil ao chegar pela primeira vez nas semifinais do maior mata-mata nacional. O passo adiante, uma inédita final, não foi possível de dar após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras na noite desta quarta-feira, 30 de dezembro, no Independência, pelo jogo de volta.

Entretanto, foi a performance mais relevante em nível nacional do Coelho da sua história, pois além de ir à uma fase aguda da Copa do Brasil, está prestes a retornar para a Série A do Brasileiro. O time mineiro obteve sucesso nas duas principais competições do seu calendário. Algo para se comemorar, como exaltou Lisca, um dos artífices da trajetória americana em 2020. Ele lamentou a queda, mas não deixou de dar méritos ao Verdão pela classificação.

-A queda de pé é difícil de falar, mas é claro que foi um bom trabalho, chegamos à semifinal, mas estamos muito tristes pela maneira que foi a derrota. Perdemos para um grande adversário, o Palmeiras é uma grande equipe, mas o resultado não condiz com o que foi a partida, não traduz o que foi o jogo. O América jogou bem, estava bem na partida, controlando mais, mas o Luiz Adriano teve esse poder de decisão. O Palmeiras quase não produziu nada, quebrou muita bola, se sujeitou ao jogo do América e o América teve mais volume, mas pouca contundência ofensiva-disse.

O duelo estava equilibrado até o gol de Luiz Adriano, abrindo o placar. Em desvantagem, o Coelho teve de mudar sua estratégia de jogo e ir atrás do placar com mais enfâse, abrindo espaços para os paulistas, que marcaram o segundo, com Rony, aos 40 do segundo tempo, decretando o fim do sonho mineiro.


CONFIRA COMO ESTÁ A CLASSIFICAÇÃO NA SÉRIE B

-O jogo nos cansou um pouco e o Palmeiras também estava cansado, mas quando colocamos os nossos jogadores mais descansados, tomamos o segundo gol de bola parada. O segundo gol matou o confronto, o time sentiu demais e o Palmeiras cresceu e administrou no final. Não estávamos em uma noite feliz ofensivamente e não conseguimos traduzir o nosso volume e ofensividade em gols- avaliou Lisca, que entende que o empate seria mais justo no confronto do Horto.

-O jogo não condiz com o placar. O placar mais justo seria a igualdade, porque ninguém conseguiu ser muito superior às defesas, mas em um lance de qualidade individual eles marcaram. Estamos tristes pela maneira que foi a derrota, se (o Palmeiras) tivesse sido muito superior, a aceitação seria de maneira diferente. Mas a gente lamenta muito, porque não fomos inferiores, pelo contrário, estávamos melhor, mas não fomos eficazes no ataque-completou.

O saldo positivo do América-MG na Copa do Brasil não foi apenas dentro de campo. Mesmo sendo eliminado, o Coelho amealhou R$ 17,59 milhões para os cofres do clube, quantia três vezes maior do que o previsto no balanço de 2020 no item de receitas com jogos e competições. Um feito, se tratando de um ano sem a presença do torcedor e de bilheteria.

Últimas