Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Liderança da LFF, presidente do Atlético-MG critica 'garantias' de Flamengo e Corinthians na Libra

"Cláusula de estabilidade" para cariocas e paulistas prevê, segundo Sérgio Coelho, uma distribuição desigual de valores para as cotas...

Lance|

Lance
Lance Lance

Uma das lideranças da "Liga Forte Futebol", o presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho, criticou a "cláusula de estabilidade" para Flamengo e Corinthians no modelo da Libra. O mandatário alvinegro utilizou o exemplo das cotas de TV, e disse que as "garantias" de não redução para cariocas e paulistas geram uma distribuição desigual, que "não se justifica" no futebol brasileiro.

- Um ponto que não concordamos, e é sensível, é que Flamengo e Corinthians querem uma garantia durante cinco anos de ganhar no mínimo o que eles ganham hoje. E explico: no fim de 2024, acabam os contratos dos clubes da Série A com a TV. Quando foi feito o contrato no passado, ficou muito desigual - disse, em entrevista à Rádio Itatiaia.

+ Novidade no ar! Acompanhe as últimas movimentações do Galo no mercado da bola

Sérgio Coelho ainda complementa quando diz que, por mais que o Flamengo tenha mais apelo popular e ganhará mais, é preciso encurtar essa distância. No ano passado, enquanto o Rubro-Negro Carioca recebeu 170 milhões, o Cuiabá (quem menos recebeu) faturou apenas R$ 146 mil.

- Porque ter essa garantia (de não redução) se estamos em uma liga com participações iguais? Claro, iremos respeitar que os clubes que têm maior torcida, maior apelo, e performance melhor, ganharão realmente mais. o Flamengo vai ganhar mais. Mas é preciso encurtar essa distância - complementa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.