Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Lembre 10 atletas de peso que lutaram contra a balança

No seu retorno ao futebol brasileiro para defender o Fortaleza, Madson é mais um atleta que convive com o excesso de peso. Veja outros nomes 

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Foram apenas 27 minutos em campo e Madson convive com questionamento sobre sua forma física no Fortaleza. O excesso de peso do atleta tem impedido sua sequência em campo em 2019. Apesar de estar lesionado, o meia deverá fazer um trabalho especial para ficar à disposição da comissão técnica. De acordo com técnico Rogério Ceni, o jogador necessita refazer a pré-temporada se ainda quiser vestir a camisa do Tricolor: 'Veio um pouco acima do peso'. Ele, porém, garante que está bem fisicamente e respeita a decisão treinador.

Entretanto, a luta contra a balança não é algo inédito no futebol brasileiro. Relembre alguns jogadores que estiveram com problemas de peso.

RONALDO

Ronaldo: problema de peso devido a hipotireoidismo
Ronaldo: problema de peso devido a hipotireoidismo Ronaldo: problema de peso devido a hipotireoidismo

O Fenômeno lidou com problemas da balança desde 2007, quando ainda atuava pelo Milan. Segundo entrevista do ex-médico do Corinthians, Joaquim Grava, à Fox Sports, o atacante teria chegado ao Timão pesando 115kg.

Publicidade

Mesmo acima do peso, o atacante ainda se destacou no time campeão paulista e da Copa do Brasil de 2009. Em 2011, encerrou a carreira e afirmou que os problemas de peso ocorreram devido a um hipotireoidismo.

ADRIANO

Publicidade
Adriano: fora de forma no Corinthians
Adriano: fora de forma no Corinthians Adriano: fora de forma no Corinthians

O Imperador também lidou com problemas na balança. Em suas trajetórias pelo Flamengo e pelo Corinthians (em ambas as vezes em que foi campeão brasileiro), o atacante não estava com o físico forte com o qual se destacou no futebol.

O fato de estar acima de peso custou a ele, inclusive, ser dispensado mais tarde do Timão e não ter um contrato de produtividade em uma tentativa de retorno ao Rubro-Negro.

Publicidade

WALTER

Walter, no CSA:'Tentações' custaram a ele ficar acima do peso
Walter, no CSA:'Tentações' custaram a ele ficar acima do peso Walter, no CSA:'Tentações' custaram a ele ficar acima do peso

O centroavante, que iniciou sua trajetória no Internacional, começou a ter problemas de peso quando estava no Porto. Segundo ele, o fato de gostar de "comer biscoitos" fez com que não mantivesse a forma e perdesse espaço nos Dragões, onde tinha ganhado espaço a ponto de ser reserva imediato do Falcao García.

De volta ao Brasil, Walter teve um ótimo momento com a camisa 18 do Goiás (onde foi campeão da Série B de 2012 e goiano de 2013) e rendeu bem no Atlético-GO. Ainda teve passagens por Fluminense, Atlético-PR, Paysandu e CSA, com altos e baixos.

THALLES

Atacante Thalles passou por 'força-tarefa' para reeducação alimentar
Atacante Thalles passou por 'força-tarefa' para reeducação alimentar Atacante Thalles passou por 'força-tarefa' para reeducação alimentar

Após ter um início promissor com a camisa do Vasco, o atacante teve desafios contra a balança. Ao ver que Thalles estava acima do peso, o Cruz-Maltino realizou uma "força-tarefa", internando o jogador em um hotel, no qual ele passou por uma reeducação alimentar, substituindo hambúrgueres por uma dieta mais saudável.

Depois de não se firmar no clube da Colina, o atacante teve uma passagem pelo Albirex Niiagata-JAP. Neste ano, ele tem novo desafio no Brasil. Contratado recentemente pela Ponte Preta, o atacante disse que ainda não está em sua melhor forma física, mas tem se dedicado à rotina de treinamentos.

NETO

Neto: fama de "gordo"
Neto: fama de "gordo" Neto: fama de "gordo"

O meia lidou com dificuldades para entrar em forma em alguns clubes pelos quais passou. Além das lesões, foi perseguido pela fama de "gordo" quando vestiu camisas como Guarani, Palmeiras e Corinthians, clube com o qual ostentou a camisa 10.

Após ter parado de jogar, seu peso causou ainda mais problemas. Chegou a estar com 158kg. Submeteu-se a uma cirurgia de redução de estômago e segue trabalhando como apresentador na Rede Bandeirantes.

LUIZÃO

Luizão teve dietas especiais e viu rendimento afetado por problemas de peso
Luizão teve dietas especiais e viu rendimento afetado por problemas de peso Luizão teve dietas especiais e viu rendimento afetado por problemas de peso

Artilheiro por onde passou, o atacante também não esteve isento de lutar contra problemas de peso quando esteve em campo. Na reta final de sua trajetória, ele teve de submeter a dietas especiais na pré-temporada.

Além disto, o atacante viu os problemas com a balança afetarem seu rendimento em campo em suas passagens por Flamengo, Grêmio, São Paulo e Santos.

DANIEL CARVALHO

Daniel Carvalho: segundo ele, uso de anabolizantes na Rússia o fez lutar contra balança
Daniel Carvalho: segundo ele, uso de anabolizantes na Rússia o fez lutar contra balança Daniel Carvalho: segundo ele, uso de anabolizantes na Rússia o fez lutar contra balança

Depois de despontar bem no Internacional, o meia viu seus problemas de peso começarem no CSKA Moscou-RUS. Anos mais tarde, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN, Daniel Carvalho atribuiu o início de seus problemas com a balança a "usos de anabolizantes na Rússia".

A partir daquele momento, o meia teve de buscar entrar em forma em suas passagens por Palmeiras, Botafogo e Goiás.

ANDERSON PICO

Anderson Pico, no Dnipro: barrado por causa do peso
Anderson Pico, no Dnipro: barrado por causa do peso Anderson Pico, no Dnipro: barrado por causa do peso

O lateral-esquerdo viu seus problemas na balança custarem a perda da titularidade quando atuava no Grêmio, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. Mais tarde, o jogador não rendeu quando atuou no Flamengo, onde não rendeu devido a dores de cabeça com o peso.

OBINA

Obina: reeducação alimentar
Obina: reeducação alimentar Obina: reeducação alimentar

O atacante deu dores de cabeça em clubes pelos quais passou. Em clubes pelos quais passou, como Flamengo e no Palmeiras, reapresentou-se das férias com alguns quilos a mais.

O trabalho foi intenso. Teve de passar por uma reeducação alimentar com uma nutricionista, até conseguir entrar em campo.

JUCA BALEIA

Juca Baleia: 115kg e tricampeão maranhense
Juca Baleia: 115kg e tricampeão maranhense Juca Baleia: 115kg e tricampeão maranhense

Goleiro histórico do Sampaio Corrêa, Juca Baleia chamou atenção na Copa do Brasil de 1992. Quando enfrentou o Palmeiras no torneio, ele pesava 115kg.

Mesmo com os problemas com a balança, Juca foi tricampeão maranhense com a Bolívia Querida.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.