Lance Lateral esquerda do Vasco vira 'dor de cabeça boa' para Ramon

Lateral esquerda do Vasco vira 'dor de cabeça boa' para Ramon

Antes considerado um setor problemático, posição agora é disputada por Henrique e Neto Borges, dupla que vem tendo boas atuações recentes pelo Cruz-Maltino

Lance
  • Lance | por Lance


O Vasco teve uma novidade na escalação, no último domingo, na vitória, por 1 a 0, sobre o Athletico-PR. O técnico Ramon Menezes escalou Neto Borges na lateral esquerda. Foi a primeira vez que o jogador de 23 anos atuou na posição de origem, desde a chegada, no início de agosto e o desempenho foi digno de elogios. Ele, no entanto, tem a concorrência da melhor temporada de Henrique, desfalque na partida pelo terceiro cartão amarelo, que vive a melhor fase no clube, desde que estreou nos profissionais, há seis anos, com direito até ao primeiro gol com a camisa cruz-maltina.

A disputa na posição que vinha sendo considerada um problema nas últimas temporadas agora se torna uma "dor de cabeça" boa para o treinador. Jogando com um foco maior na parte defensiva desde a chegada de Ramon, Henrique cresceu de produção e virou uma referência no sistema de marcação da equipe, um dos pontos fortes do Vasco pós-paralisação.

Antes criticado pela torcida, o lateral-esquerdo de 26 anos, desde 2013 no time profissional do Cruz-Maltino, chegou inclusive a marcar pela primeira vez, contra o Goiás, pela Copa do Brasil. Nas entrevistas, ele costuma agradecer ao treinador pela evolução em campo.

– Essa minha evolução eu devo a ele. Mesmo antes de ser treinador, ele sempre me deu muito apoio. Então essa evolução devo muito ao Ramon e ao time também. Acho que não só eu, mas todo o time, a gente tem muito mais confiança para fazer o que temos de fazer dentro de campo – disse Henrique, à VascoTV, no mês passado.

Neto Borges, por sua vez, se juntou à equipe de São Januário, depois da paralisação do futebol e briga por espaço. Versátil, teve as primeiras oportunidades com Ramon como ponta esquerda. Contra o Furacão, fez grande partida na posição de origem e mostrou que têm ambições nada modestas.

– Vamos em busca de mais vitórias com esse grupo muito jovem e com muita sede de vitórias. Faço as duas funções pela esquerda, tanto defensivamente quanto ofensivamente. Em todas as oportunidades, vou dar o meu melhor. Vamos sempre em busca de deixar o Vasco no topo, que é onde o clube merece estar – afirmou Neto, em coletiva após a vitória do último domingo.

A próxima chance da dupla mostrar serviço é na quinta-feira, quando o Vasco recebe o Atlético-GO, às 21h, em São Januário. A partida é válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Últimas