Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Laterais se tornam 'maldição' da Inglaterra às vésperas da estreia na Copa do Mundo

Reece James e Ben Chilwell foram cortados por lesões, já Kyle Walker está fora do primeiro jogo também por problemas físicos

Lance|

Lance
Lance Lance

As laterais são os grandes problemas do técnico Gareth Southgate às vésperas da estreia da Inglaterra na Copa do Mundo, que acontece nesta segunda-feira (21), contra o Irã. Em um intervalo de menos de um mês, a seleção inglesa perdeu aqueles que muito provavelmente seriam os titulares das alas. Reece James e Ben Chilwell, ambos do Chelsea, foram cortados do Mundial por lesões.

+ Benzema fora da Copa: veja jogadores que vão perder a Copa do Mundo

James foi o primeiro a se contundir, em um jogo contra o Milan, pela Liga dos Campeões, no dia 11 de outubro. O problema do atleta foi no joelho. Ele tentou de tudo para se recuperar a tempo, inclusive viajando até Dubai, nos Emirados Árabes, em busca de um tratamento conservador, sem necessidade de cirurgia. Mas tudo foi em vão e dias antes de Southgate anunciar a lista dos convocados, o técnico da seleção inglesa ligou para Reece e comunicou que ele seria ausência, o que gerou muita frustração no defensor dos Blues.

A contusão de Chilwell também foi em um jogo de Champions League. No dia 2 de novembro, um arranque já nos acréscimos da vitória do Chelsea sobre o Dínamo de Zagreb, da Croácia, no dia 2 de novembro, acabou resultando em uma lesão na coxa esquerda que tirou o atleta do time londrino da Copa.

Publicidade
Ben Chilwell e Recce Jmes
Ben Chilwell e Recce Jmes Ben Chilwell e Recce Jmes

Contundidos, os laterais do Chelsea, Reece James e Ben Chilwell estão fora da Copa do Mundo (Foto: Darren Walsh/Chelsea FC)

Outro lateral inglês com problemas é Kyle Walker, do Manchester City, que foi convocado, mas chega ao Mundial longe da sua melhor condição física. Uma distensão na virilha em um duelo contra o Manchester United, no início de outubro, levou o atleta a ter que fazer uma cirurgia.

Publicidade

A presença de Walker entre os selecionados da Inglaterra era incerta, mas ele evoluiu bastante em sua recuperação e foi inserido na lista de Southgate. Ainda assim, ele desfalcará o English Team na estreia do Mundial.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule os primeiros jogos do Mundial

Publicidade

Com as ausências e problemas, quem ganhou importância na convocação da seleção inglesa foi Kieran Trippier, do Newcastle. Lateral-direito de origem, ele é canhoto e também pode atuar pelo lado oposto. Sendo assim, Gareth Southgate convocou três laterais-direitos: Trippier, Walker e Alexander-Arnold, até para o caso do segundo não conseguir terminar a Copa haver uma 'reserva' na posição. O zagueiro Ben White, do Arsenal, é outro que pode fazer a função, principalmente quando o esquema adotado for com três zagueiros. Inclusive, a tendência é que White esteja à frente até mesmo de Arnold.

Do lado esquerdo, o único homem de ofício é Luke Shaw, do Manchester United. Ainda que tenha uma canhota violenta nas finalizações, a parte ofensiva não é o forte do atleta, diferentemente de Chilwell. E como Southgate geralmente escala o esquadrão inglês com três zagueiros e dois laterais, a ideia é que esses alas tenham liberdade do meio-campo para frente, fazendo com que o jogador dos Red Devils aprimore esse fundamento.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.