Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Justiça atende pedido de filhos de Pelé e processo da herança do Rei ocorrerá em sigilo

Familiares também pedem para que o filho Edinho seja o inventariante

Lance|

Lance
Lance Lance

Os filhos de Pelé tiveram uma grande vitória nesta quarta-feira no processo que repartirá a herança do Rei do Futebol. A Justiça acordou com uma liminar que concede sigilo ao inventário dos bens do ex-jogador de futebol.

O pedido foi realizado pelos gêmeos Joshua e Celeste, ao lado da enteada Gemima, que busca ser reconhecida filha e consequentemente como herdeira na corte. Eles informaram que os documentos do processo referente a herança do pai terá os documentos em segredo de Justiça.

+ Filhos de Pelé pedem reconhecimento da irmã como herdeira

O relator Miguel Brandi foi o responsável por acatar o pedido da família do eterno ídolo do futebol brasileiro. Ele aponta que o inventário é de "uma pessoa conhecida e reconhecida mundialmente, com significativo patrimônio hereditário e disputas anunciadas no horizonte". Desta forma, sem o segredo, o processo teria acesso irrestrito, o que não se recomenda.

Publicidade

Outro pedido da família do Rei é de que o filho Edinho seja o inventariante do processo. Além dos irmãos, a própria viúva de Pelé, Márcia Aoki, abdicou do direito de realizar certa função e indicou o parente. Cabe a Justiça agora acatar.

+ Viúva de Pelé recebe mansão de quatro andares no Guarujá como herança; veja detalhes

Pelé morreu no dia 29 de dezembro de 2022, aos 82 anos, vítima de complicações decorrentes de um câncer no cólon. O ex-jogador recebeu diversas homenagens ao redor do mundo na época e pra sempre será lembrado como o Rei do Futebol.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.