Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Juninho, do América-MG, pede desculpas à arbitragem depois de polêmica contra o Vasco

Jogador deu declaração sobre a atuação da arbitragem após a partida

Lance

Lance|Do R7


Lance
Juninho em ação pelo América-MG (Foto: Mourão Panda / América)

Juninho, volante do América-MG, deu uma nova declaração admitindo que errou na sua fala após a vitória do Vasco sobre o América-MG por 1 a 0, no Independência. O jogador afirmou que se precipitou ao criticar arbitragem da partida.

- Quero pedir desculpas ao Ramon, árbitro do jogo. Venho pedir desculpas. Eu me equivoquei, precipitei em expor sentimento, sem me basear em nada, em período que a gente vive no futebol numa perda de credibilidade, até pelos escândalos com manipulação de resultados. Nós, como protagonistas do futebol, que a gente tem que refazer e retomar a confiança, a minha fala vem totalmente contra, num teor de desconstruir tudo que eu prego - disse o volante à TV Bandeirantes.

+ Condição especial para matrícula no curso Gestor de Futebol, aprovado por Dante, Petković, Léo Moura e outros craques. Saiba mais!

Juninho afirmou que o Vasco estaria sendo favorecido na partida. O presidente da SAF do América-MG, Marcus Salum, também sugeriu que estão sendo tomadas decisões em campo para que o Cruz-Maltino não seja rebaixado. As declarações foram alvo do STJD.

Publicidade

- Encontrei com o Salum hoje, ele estava aqui no CT. Não tinha visto ele ainda. Desculpa a palavra, mas disse a ele: 'Que m... nós fizemos, hein Salum'. E ele disse que a dele foi ainda maior. A partir do que ele fala, ele tem ciência do que fez também. Conhecendo ele, sei que ele vai se pronunciar. Ele tem coração também. Errar, não procuro fazer. Mas errar, todos nós vamos errar. Esses dias assim, de estar em todos os canais, não estou acostumado com a identidade que não é a minha. O que mais me machucou, neste tempo todo, foi isso.

O volante ainda disse que tentou tirar o foco do momento em campo do América-MG.

Publicidade

- Talvez eu quis transferir responsabilidade pelo nosso momento. Friamente, consigo enxergar isso. Tento total consciência do erro que fiz. O que faço é pedir desculpas. As pessoas estão no direito de buscar os seus direitos, vocês estão certos. Eu errei e tenho que pagar pelo erro. Essas pessoas precisam do pedido de desculpas e eu também preciso ter paz pelo que eu prego.

+ Veja tabela do Brasileirão e simule resultados

A equipe volta a campo no domingo (1), no clássico contra o Cruzeiro. O time está em 19º lugar do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.