Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Juíza determina que Consócio Maracanã libere estádio para o Vasco jogar contra o Palmeiras

Partida será a primeira do Cruz-Maltino como mandante no retorno à elite do futebol nacional

Lance

Lance|Do R7


Lance
Lance

A juíza que julga o processo que envolve a dupla Flamengo e Fluminense, e o Vasco acaba de determinar que o Consócio Maracanã disponibilize o estádio para a realização da partida contra o Palmeiras, no dia 23 de abril. A magistrada quer que o local seja disponbilizado nas condições comerciais aplicadas aos demais clubes que não fazem parte do Termo de Permissão de Uso (TPU).

Na decisão, a juíza argumentou que não é razoável a demora da análise do ofício encaminhado pelo Vasco no dia 23 de março. Além disso, a magistrada argumentou que não há jogo marcado na data do confronto contra o Palmeiras. Com isso, não haveria empecilho para sediar a partida no local. A juíza trata a opção pelo Maracanã como excepcional, tendo em vista que São Januário e o Nilton Santos possuem capacidade inferior de público e piores condições de acesso.

A juíza também entende que o Maracanã se trata de um bem público e pertence ao Estado do Rio. Além disso, a magistrada pontua nos últimos três anos foram realizadas dezenas de jogos em dias consecutivos. Por fim, ainda disse que os próprios réus não observam as recomendações da empresa responsável pela manutenção do gramado do Maracanã, ao marcar partidas consecutivas.

Na tarde desta sexta-feira, Flamengo e Fluminense contestaram os argumentos do Vasco no processo. Clique aqui para mais informações sobre o entendimento da dupla.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.