Lance Juiz acusa formalmente médico de Maradona por homicídio culposo

Juiz acusa formalmente médico de Maradona por homicídio culposo

A suspeita é de que Maradona não tenha recebido os cuidados necessários em sua recuperação em casa 

Lance
Lance

Lance

Lance

Uma reviravolta inesperada surgiu no caso da morte do ídolo argentino Diego Maradona. De acordo com o "Marca", a justiça argentina acusou formalmente Leopoldo Luque, médico pessoal do ex-jogador, de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

A suspeita é que o médico do ex-jogador tenha cometido negligência médica com Maradona em seus últimos dias de vida, quando ele se recuperava de uma cirurgia cerebral em sua residência. A promotoria também suspeita de que o ex-camisa 10 não tenha recebido oficialmente alta médica para retornar para casa.

Um juiz autorizou uma operação de busca e apreensão na casa e na clínica do médico, em Buenos Aires, capital argentina. A intenção é investigar até os mínimos detalhes para constatar se Diego de fato recebeu os cuidados necessários em sua recuperação. Uma pessoa próxima à família revelou, segundo a AFP, que já existe irregularidades no processo.

No dia do velório de Maradona, o advogado do ex-jogador, Matías Morla, denunciou que uma demora na chegada da ambulância à residência do ídolo argentino em Tigre, cerca de 30km de Buenos Aires. Segundo o amigo pessoal de Dieguito, a ambulância teria demorado mais de 30 minutos para chegar ao local e prometeu que irá levar a questão até o fim.

Diego Armando Maradona faleceu na última quinta-feira (25), vítima de uma parada cardiorespiratória. Ele estava em casa se recuperando de uma cirurgia realizada na cabeça para retirada de um coágulo sanguíneo.

Últimas