Judô: Grand Slam da Rússia é cancelado por causa do coronavírus

Torneio já iria acontecer sem a presença de público, mas Federação Internacional de Judô informa o cancelamento. O embarque da delegação brasileira estava previsto para terça

Lance

Lance

Lance

Mais uma competição é adiada por causa do novo coronavírus. Nesta segunda-feira, a Confederação Brasileira de judô (CBJ) recebeu o comunicado da Federação Internacional de Judô para informar o cancelamento do Grand Slam de Ecaterimburgo, que aconteceria na Rússia, nos próximos dias 13, 14 e 15 de março. O Brasil teria 25 atletas no Grand Slam, que distribuiria até mil pontos no Ranking Mundial.

O embarque internacional da delegação brasileira estava previsto para terça-feira e foi cancelado em tempo. Parte da delegação já havia realizado os trechos domésticos da viagem, mas nenhum membro da delegação brasileira chegou a embarcar para a Rússia.

A CBJ está providenciando o retorno dos atletas aos seus respectivos estados e monitorando a situação junto à FIJ. Qualquer atualização sobre os próximos eventos do calendário internacional será informada.

O torneio já iria ser realizado sem público, porém foi optada por cancelar. Deste modo, a medida prejudica os atletas que precisam somar pontos para conquistar uma vaga para Olimpíada de Tóquio.