Joel Santana detona 'moda de treinador estrangeiro' no Brasil: 'Nada de diferente'

Técnico de futebol acredita que clubes estão valorizando demais profissionais não-brasileiros: 'Somos pentacampeões do mundo com nossos treinadores'

Lance

Lance

Lance

O treinador de futebol Joel Santana detonou a postura dos treinadores brasileiros que valorizam, segundo ele, exageradamente técnicos estrangeiros. Aos 71 anos, Joel, atualmente sem clube, acredita não exista "nada de novo" no que foi apresentado por "gringos" em times brasileiros. Além disso, ele afirmou que a Seleção foi vencedora de cinco Copas do Mundo com treinadores brasileiros.

- Agora é moda treinador estrangeiro. Não tem nada de diferente. Marca pressão, joga em bloco… Inventam um monte de historinha - afirmou o treinador em entrevista à "Fox Sports", nesta segunda-feira.

Em 2020, três treinadores estavam em trabalhos no Brasil por times da Série A: Jorge Sampaoli, no Atlético Mineiro, Jesualdo Ferreira, no Santos, e Jorge Jesus, que deixou o Flamengo em julho deste ano.

Atualmente, o Rubro-Negro prioriza novamente um técnico que tenha bagagem internacional e não seja brasileiro, segundo apontado por dirigentes do clube. Sobre essa pesquisa aos modelos estrangeiros de futebol, Joel lançou uma frase polêmica.

-O futebol brasileiro é pentacampeão do mundo com nossos treinadores. Agora todo mundo lá fora é dono da cocada e aqui não valem nada.