Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Jemerson, do Atlético-MG, lamenta casos de racismo e esbraveja: 'Até quando?'

Zagueiro alvinegro cobrou uma postura mais rígida e acelerada das autoridades competentes

Lance

Lance|Do R7


Lance
Delegação do Galo foi vítima de ataques racistas e xenofóbicos na chegada ao Estádio Olímpico UCV, em Caracas - (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

Após a delegação do Atlético-MG ser recebida sob ataques racistas e xenofóbicos na chegada ao Estádio Olímpico UCV, em Caracas, o zagueiro Jemerson cobrou uma postura mais rígida e rápida das autoridades competentes. O defensor revelou que não ouviu os xingamentos, mas lamentou que eles ainda aconteçam sem quase nenhuma punção.

- Eu não cheguei a ouvir (os xingamentos), mas ouvi relatos. Eu acho que é uma coisa que acontece repetidamente. Espero que as autoridades tomem alguma providência, porque se não nada acontece. Até quando? Acho que as autoridades têm que rever - disse.

+ Novidade no ar! Acompanhe as últimas negociações do Galo no mercado da bola

Vale lembrar que, além de repudiar veementemente os atos, o Galo registrou uma reclamação formal junto ao delegado da partida contra o Carabobo. Agora, a queixa deve ser encaminhada à Conmebol, que optará, ou não por tomar atitude.

Atlético-MG e Carabobo voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, 01 de março, no Mineirão, em Belo Horizonte. Dentro de campo, após o empate por 0 a 0 na ida, a equipe brasileira precisa vencer para se classificar à terceira fase da Libertadores - uma nova igualdade leva a decisão para os pênaltis.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.