Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Japão bate Costa Rica com tranquilidade e garante vaga nas oitavas da Copa do Mundo Feminina

Hikaru Naomoto e Aoba Fujino marcaram os dois gols do jogo ainda na primeira etapa

Lance|

Lance
Lance Lance

Na madrugada desta quarta-feira, a seleção do Japão bateu a Costa Rica por 2 a 0, em jogo válido pela segunda rodada do grupo C da Copa do Mundo Feminina. Ainda na primeira etapa, Hikaru Naomoto e Aoba Fujino marcaram os gols da vitória e garantiram o triunfo nipônico.

+ Confira todas as informações da Copa do Mundo Feminina

Com o resultado, as asiáticas chegaram a seis pontos e garantiram classificação para as oitavas de final, enquanto a Costa Rica, com zero pontos, está eliminada no terceiro lugar. A Espanha lidera a terceira chave, também com seis pontos, mas com um saldo de gols superior às japonesas, e a Zâmbia completa o grupo na lanterna, também com zero pontos.

Veja os cinco principais lances do confronto

Publicidade

!FALTOU ENCONTRO! Aos 15 da primeira etapa, o Japão já era melhor e quase abriu o placar. Mina Tanaka fez bom trabalho na referência e abriu para Naomoto, que bateu cruzado e obrigou Solera a fazer ótima defesa. No rebote, com o gol aberto, Shimizu chegava de frente para marcar, mas Fujino colocou o pé na frente para tentar fazer o gol e acabou errando o alvo, desperdiçando ótima oportunidade.

!O PRIMEIRO! A dose se repetiria dez minutos depois para a equipe japonesa. Mina Tanaka apareceu no entrelinhas como uma boa falsa 9 e serviu Naomoto, num passe milimétrico que María Coto não alcançou. Dessa vez, não houve perdão: a camisa 8 fuzilou para abrir o placar, tirando as chances de Solera de salvar.

Publicidade

!SEM TEMPO PARA RESPIRAR! Dois minutos depois, Sugita apareceu livre no corredor esquerdo e acertou um belo cruzamento, mas Tanaka errou a cabeçada. Fujino evitou a saída pelo lado direito e decidiu sozinha. Gingou para cima da marcação de Elizondo, invadiu a área, levou para a linha de fundo e soltou a bomba. Mesmo sem ângulo, acabou surpreendendo Solera, que não conseguiu salvar. 27 minutos de jogo e partida já definida a favor das nipônicas.

!SAÍDA RÁPIDA! Em belo contra-ataque aos 31 da segunda etapa, Ueki, que havia entrado poucos minutos antes, fez bela jogada no corredor esquerdo, arrancou e serviu Miyazawa. Em um belo domínio, a camisa 7 girou, saiu da marcação e bateu de direita, obrigando Solera a aparacer para fazer boa defesa.

Publicidade

!TENTANDO VOLTAR! Três minutos depois, foi a vez da Costa Rica chegar com perigo. Hasegawa acabou errando saída no campo defensivo, Sheika Scott recuperou e acionou Priscilla Chinchilla mais à frente. A centroavante acertou bom passe no meio e Gloriana Villalobos chegou emendando, mas Ayaka Yamashita, ligada, conseguiu boa defesa.

Como foi o primeiro tempo?

Publicidade

A seleção do Japão iniciou a primeira etapa melhor na partida. Controlando as ações, já fazia por merecer o primeiro gol, que saiu aos 25 minutos, surgindo dos pés de Mina Tanaka, que achou boa bola para Naomoto bater cruzado e sair para o abraço. Dois minutos depois, as japonesas ampliaram com Fujino, que achou um belo chute sem ângulo para ampliar a vantagem.

E a segunda etapa?

A equipe asiática resolveu o jogo ainda na primeira metade. A Costa Rica apresentou pouquíssimas forças para atacar e tentar reverter a situação, concretizando sua volta para casa. Os números finais mostraram 24 chutes das nipônicas, contra apenas seis das costarriquenhas. No alvo, outra goleada: 12 a 2. Vitória merecida de um time consistente e que pode surpreender na competição.

Como ficou a situação das equipes?

Com o resultado, a equipe japonesa garantiu vaga na próxima fase, com seis pontos, os mesmos da líder Espanha. Na última rodada, joga por uma vitória para ser líder do grupo. Já a Costa Rica, semelhante à Zâmbia, está eliminada da competição, com zero pontos.

+ Jogadora da Argentina na Copa desabafa após ser atacada por tatuagem de Cristiano Ronaldo: ‘Não sou anti-Messi’

FICHA TÉCNICA

Japão 2x0 Costa Rica

Data e horário: quarta-feira, 26 de julho de 2023, às 2h (de Brasília)

Local: Forsyth Barr Stadium, em Dunedin (NZE)

Arbitragem: Maria Sole Ferrieri Caputi (árbitra); Francesca Di Monte e Elena Gomoescu (auxiliares); Myriam Marcotte (quarta árbitra); Massimiliano Irrati e Salomé Di Iorio (VAR)

Público: 6.992 presentes

Cartões amarelos: Priscilla Chinchilla (COS)

Gols: Hikaru Naomoto, aos 25', e Aoba Fujino, aos 27' (JAP)

JAPÃO (Treinador: Futoshi Ikeda)

Ayaka Yamashita; Shiori Miyake, Saki Kumagai e Moeka Minami; Risa Shimizu (Miyabi Moriya), Yui Hasegawa, Honoka Hayashi (Fuka Nagano) e Hina Sugita; Aoba Fujino (Hinata Miyazawa), Hikaru Naomoto (Kiko Seike) e Mina Tanaka (Riko Ueki)

COSTA RICA (Treinadora: Amelia Valverde)

Daniela Solera; María Coto, Fabiola Villalobos, Mariana Benavides e Maria Elizondo; Cristin Granados (Raquel Cedeño) e Katherine Alvarado; Melissa Herrera, Gabriela Guillén (Gloriana Villalobos) e María Paula Salas (Sheika Scott); Priscilla Chinchilla

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.