Lance Ivanisevic: 'Faço parte de uma equipe que escreve história''

Ivanisevic: 'Faço parte de uma equipe que escreve história''

Croata recém introduzido ao Hall da Fama, diz que Djokovic incomoda ocidente

Lance
Lance

Lance

Lance

O croata Goran Ivanisevic concedeu entrevista ao portal bósnio B92, e falou em especial sobre as conquistas da carreira de Novak Djokovic, seu pupilo. Ivanisevic voltou a falar que o jeito de Djokovic é a razão das críticas que recebe.

O treinador comentou que o sérvio "chegou para bagunçar as contas" daqueles que estavam no tênis, num período em que o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal brilhavam e iam colecionando fãs em todo o mundo.

"Novak diz o que pensa, e muitos não gostam disso .Fala cinco línguas, é extremamente inteligente, interessa-se por tudo e tem um estilo de vida próprio. Alguns gostam da forma como se alimenta, outros não gostam, alguns riem da meditação a que se dedica, enquanto ele acredita plenamente. Admiro-o. Observo-o de manhã como se estivesse a praticar ioga durante uma hora e meia, de uma forma indescritível e fascinante", revelou.

Ivanisevic foi ainda questionado sobre as críticas que seu pupilo recebeu da 'mídia ocidental' após sua derrota nos Jogos Olímpico. “Pra mim, parece que não é desejável ter uma opinião hoje em dia. O mundo deveria melhorar, mas estamos indo na direção oposta. Se no século 21 você não pode dizer o que pensa, é um desastre que Novak não se encaixa nesse modelo ocidental em que tudo está organizado. Ele veio dos Balcãs, onde nada está organizado e conquistou a todos. Ele matou tudo o que fizeram até agora e se tornou o melhor tenista de todos os tempos. em breve será provado estatisticamente e é claro que muitos não amam”, disparou.

“Faço parte de uma equipe que escreve história. Se Djokovic vencer o US Open este ano e reunir os quatro Grand Slams no mesmo ano, ele entra para a eternidade, ao lado de Rod Laver, embora seja muito mais difícil conseguir tanto sucesso no século 21 do que na época de Laver, quando não era fácil para ele, cinco ou seis anos atrás ninguém poderia imaginar que Novak estaria em posição de fazer esse feito histórico", opinou.

Últimas