Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Irmã de Léo Moura, presa no Rio por estelionato, também é acusada de golpe em Renato Augusto

Lívia Moura, presa na terça (13) acusada de vender ingressos falsos para os desfiles das escolas de samba do Rio, tem ficha...

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

Lívia Moura, irmã do ex-lateral-direito Léo Moura, presa na terça-feira (13) acusada de vender ingressos falsos para os desfiles das escolas de samba do Rio na Marquês de Sapucaí, tem uma ficha criminal extensa. Entre as vítimas dos golpes que ela costumava aplicar está o meia Renato Augusto, atualmente no Fluminense.

Em 2017, segundo os autos do processo, Lívia induziu Renato Augusto e a mãe dele, Salete, a usar os seus serviços para contratação de atrações musicais para a festa de um ano de casamento do jogador. Lívia pediu depósitos de adiantamento, que atingiram R$ 225,3 mil, na conta da empresa Divershow Empreendimentos Artísticos. Conforma o combinado, ela deveria contratar os cantores Thiaguinho, Rodriguinho, Péricles e MC Marcinho, mas a empresa nunca agenciou os artistas.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Lívia também é acusada de roubar duas folhas de cheque no nome de Renato Augusto. A acusação diz que ela preencheu e assinou como se fosse a mãe do jogador, mandando para outra empresa, Esthrela Produções Musicais.

Em relação à prisão desta terça-feira, Lívia Moura teria cobrado de duas pessoas R$ 5 mil por ingressos falsos para camarotes. Segundo as vítimas, a promessa era que os nomes seriam colocados em uma lista de convidados, o que não aconteceu.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.