Lance Inglaterra chega ao seu segundo jogo na Copa com três perguntas a serem respondidas

Inglaterra chega ao seu segundo jogo na Copa com três perguntas a serem respondidas

Em busca de confirmar a classificação ao mata-mata do Mundial, seleção inglesa tem pela frente os Estados Unidos

Lance
Lance

Lance

Lance

A Inglaterra chega ao seu segundo jogo na Copa do Mundo nesta sexta-feira (25), contra os Estados Unidos, podendo garantir a sua classificação às oitavas de final. Basta o English Team sair vencedor que garantirá a promoção. E para essa partida, o técnico Gareth Southgate tem três grandes pulgas atrás da orelha: a formação que levará a campo, quem será o lateral-direito titular e se vai preservar o astro Harry Kane.

+ “Acrobático” e “mágico”: Imprensa internacional repercute estreia do Brasil na Copa do Mundo

Durante boa parte do ciclo inglês até a Copa do Mundo, o time foi montado em um esquema com três zagueiros e os laterais atuando na linha mais avançada, de meio-campo. O esquema 3-4-3, no entanto, não foi utilizado na estreia do English Team no Mundial, contra o Irã, na última segunda-feira (21).

Na ocasião, a escolha de Southgate foi de preencher o meio-campo com Mason Mount, sacando Eric Dier, do Tottenham, que também atua como volante e costuma fazer a função de zagueiro pelo centro no sistema com a trinca de defensores. A decisão do treinador muito se deu ao adversário. O Irã, além de ser uma equipe inferior tecnicamente, tem uma proposta de jogo mais reativa. Sabendo que teria mais a bola, não faria sentido os ingleses atuarem no 3-4-3.

A questão é que a Inglaterra goleou os iranianos por 6 a 2 e agora fica a dúvida se time que está ganhando se mexe. Os Estados Unidos, adversário na segunda rodada, está longe de ser a melhor seleção do mudo, mas tem uma geração nova, rápida e amplamente superior em relação ao Irã. Assim, a seleção inglesa sabe que não terá as mesmas facilidades em relação a partida de estreia no Mundial. A tendência é que Gareth Southgate mantenha a formação que começou a goleada sobre a seleção iraniana, o 4-3-3.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule as partidas da competição

Harry Kane e Sterling - Copa do Mundo 2022 - Inglaterra 6 x 2 Irã

Harry Kane e Sterling - Copa do Mundo 2022 - Inglaterra 6 x 2 Irã

Lance

Kane celebra assistência que deu para Sterling marcar o terceir gol inglês sobre o Irã (Foto: Paul ELLIS / AFP)

A segunda pergunta que será respondida no momento em que a escalação da Inglaterra for divulgada é sobre quem será o titular da lateral-direita. Sem jogar desde o último dia 2 de outubro, Kyle Walker volta a ficar em condições após passar por uma cirurgia na virilha. Dono da posição, no entanto, ele está longe de estar em ritmo de jogo. Assim, Kieran Trippier, titular na estreia inglesa no Mundial, pode seguir iniciando a partida.

A mais importante entre as dúvidas, no entanto, está no setor ofensivo. Ainda que o próprio técnico Gareth Southgate tenha indicado que o atacante Harry Kane está em condições de jogo, existe a chance dele ser preservado do time titular, já que sentia dores no tornozelo direito alguns dias antes da partida contra o US Team.

O astro da seleção inglesa realizou exames que não detectaram lesão e na última quinta-feira (24) treinou normalmente com o elenco. Porém, no dia anterior fez atividade separada do restante dos atletas. A possibilidade, embora remota, em preservar Harry Kane é não comprometer o capitão e ídolo da Inglaterra e agravar o problema para o restante da Copa.

- Harry é bom! Seria uma decisão corajosa tirá-lo do time titular - disse Southgate em entrevista coletiva na véspera do duelo contra a seleção estadunidense.

Gareth Southgate - Copa do Mundo 2022

Gareth Southgate - Copa do Mundo 2022

Lance

Southgate concedeu entrevista coletiva antes do duelo contra os EUA (Foto: EFE/EPA/RUNGROJ YONGRIT)

Artilheiro da última edição do Mundial, em 2018, Kane passou em branco na estreia do English Team, contra o Irã, porém mostrou o seu lado garçom dando duas assistências na goleada inglesa por 6 a 2. No início do segundo tempo ele recebeu uma entrada por trás do zagueiro iraniano Poulariganji, ficou por alguns minutos caído no gramado para atendimento, mas se manteve em campo até os 30 minutos da etapa final, quando foi substituído. Porém, na saída do estádio, o centroavante foi visto mancando e com amarrações na região do tornozelo.

A provável escalação da Inglaterra para iniciar a partida contra os Estados Unidos é: Pickford; Trippier (Walker), Stones, Maguire e Shaw; Rice, Bellingham e Mount (Dier); Saka, Kane e Sterling.

Últimas