Lance Indian Wells manterá premiação e será 'Ocktober Fest' do circuito

Indian Wells manterá premiação e será 'Ocktober Fest' do circuito

Diretor de torneio promete manter grande estrutura em torneio, apesar de pandemia

Lance
Lance

Lance

Lance

O alemão ex-top 2 e atual diretor do WTA/Masters 1000 de Indian Wells, Tommy Haas, concedeu entrevista ao jornal americano The New York Times para falar dos preparativos para a edição 2021 do torneio que é considerado o 5º Grand Slam.

Confirmado pela tanto pela associação profissional masculina, como a feminina, respectivamente ATP e WTA, para acontecer em outubro de 2021, o torneio de Indian Wells 2021 está sendo planejado desde o dia seguinte ao cancelamento da edição 2020, em março daquele ano, em razão da pandemia da COVID-19, garante Haas.

O ex-tenista relatou ao jornal o trabalho direto com as associações para "encaixar" o torneio no calendário, já que tradicionalmente a competição californiana é realizada em março, que neste ano teve o calendário pressionado dada realização do Australian Open.

Radicado nos Estados Unidos, Haas brincou com a realização do torneio para outubro: "Como alemão-americano, terei minha própria October Fest", relacionando a época do ano com a tradicional festa de Munique, em seu país natal, que neste ano já foi cancelada pelas autoridades locais.

“Acho que é algo com que os jogadores ficarão muito, muito felizes. É assim que deve ser. Obviamente, eles passaram por momentos difíceis. A agenda deles tem estado de cabeça para baixo com as restrições de viagens e tentando estar em uma bolha após a outra. Espero que as coisas fiquem um pouco mais fáceis em outubro, jogando pelo prêmio em dinheiro que achamos que eles merecem”, disse Haas ao NY Times revelando que ao contrário dos demais torneios do circuito, incluindo torneios do Grand Slam, a premiação em Indian Wells está assegurada em cerca de US$1,36 milhões, aproximadamente R$ 6,9 milhões, apenas para o campeão de cada uma das chaves de simples.

Em 2019, Indian Wells recebeu 450 mil torcedores e agora trabalha com as autoridades da Califórnia para realizar a competição com a presença de público: "Vamos seguir todas as diretrize. A segurança é obviamente a maior preocupação. Isso vem primeiro e queremos ter certeza de que todos estão muito, muito confortáveis", destacou Haas.

Últimas