Incrível! Atleta de 85 anos vence prova na Copa Rio de Remo Master

Manoel de Carvalho faturou o Double Skiff ao lado de Paulo Carvalho na competição que abriu a temporada da modalidade no estado, no último sábado, no Estádio da Lagoa

Lance

Lance

Lance

A Federação de Remo do Estado do Rio de Janeiro (Frerj) deu a largada para a temporada de 2020 com a realização de mais uma edição da Copa Rio de Remo Master, no último sábado, no Estádio de Remo da Lagoa. O destaque foi a vitória de Paulo Carvalho e de Manoel de Carvalho, do Clube de Remo Rio de Janeiro, na prova Double Skiff. Com 85 anos, Manoel é o remador mais velho em atividade no estado. Ele está se preparando para Jogos Pan-Americanos Master 2020, entre 09 e 13 de setembro, no mesmo local.

— Com a idade que tenho é sempre uma satisfação muito grande conquistar mais uma medalha de ouro e participar de mais uma competição como treinamento para o Pan-Americano Master. Atualmente, todos os meus treinos são voltados para essa prova, que será a mais importante da minha vida – declarou o remador.

Manoel é pai do parceiro Paulo, que, por sua vez, preside a Frerj. O mandatário ficou satisfeito com o evento, que é voltado para atletas com mais de 27 anos.

— Foi mais uma festa do remo master no Rio de Janeiro, com a participação de atletas até da Itália e mais uma medalha de ouro conquistada ao lado do meu pai, que é um exemplo. O início do meu oitavo e último ano no comando da Frerj está sendo muito bom, mas é apenas o começo de um ano de muito trabalho. Em 2020 teremos uma série de competições muito importantes aqui no Rio e eu não vou medir esforços para terminar minha gestão na federação com chave de ouro — garantiu.

Cerca de 200 atletas participaram da Copa Rio de Remo Master, sendo 13 italianos do Circolo Canottieri Roma. Botafogo, Flamengo, Guanabara, Piraquê, Vasco e Grêmio Náutico União, do Espírito Santo, também marcaram presença. A equipe do Piraquê foi a maior vencedora, conquistando 13 das 38 provas realizadas, seguida pelo Clube de Remo Rio de Janeiro, com sete.

Para o diretor técnico do Circolo Canottieri Roma, Bruno Mascarenhas, que também é técnico da seleção italiana de remo sub-23, a participação dos remadores italianos no evento não poderia ter sido melhor.

— A Copa Rio de Remo foi muito bem organizada, com tudo correndo com perfeição, provas realizadas sem atrasos e muito disputadas e emocionantes. Isso se falar no local da competição. A Lagoa Rodrigo de Freitas é um espetáculo da natureza indescritível, em lugar lido demais. Foi a primeira vez que nossa equipe participou de uma competição na raia olímpica do Rio de Janeiro e gostamos tanto que já estamos programando voltar em breve —afirmou Mascarenhas.