Lance Igor Guerra projeta duelos do Vasco com o Palmeiras pelas quartas de finais do Brasileirão Sub-17

Igor Guerra projeta duelos do Vasco com o Palmeiras pelas quartas de finais do Brasileirão Sub-17

Técnico dos Meninos da Colina analisou o adversário e explicou o que o time deve fazer para sair com a vitória. Duelo de ida será nesta sexta, às 15h, no Estádio Nivaldo Pereira

Lance
Lance

Lance

Lance

A equipe sub-17 do Vasco terá pela frente dois duelos importantes contra o Palmeiras pelas quartas de finais do Campeonato Brasileiro. O primeiro deles está marcado para esta sexta, às 15, no Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu. Os Meninos da Colina terminaram a primeira fase na terceira colocação do grupo B, com 20 pontos. Com isso, o técnico Igor Guerra projetou e revelou a expectativa para os confrontos.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro


– Acredito que serão dois jogos muito equilibrados. A equipe do Palmeiras é muito qualificada, tem demonstrado isso na competição, com um poder ofensivo muito forte. Tanto que é a equipe com mais gols feitos na competição. Estou bastante confiante, os meninos estão focados, eles também estão bastante confiantes e acredito que a gente vá fazer um excelente jogo - disse em entrevista ao site oficial do clube carioca, e acrescentou.

+ PAOK chama Léo Jabá de volta, mas Vasco garante não ter que ceder

- É uma partida muito importante para o desenvolvimento deles. A ideia é chegar nesses dois jogos e consiga continuar aplicando o futebol que a gente tem aplicado, que é ter o controle do jogo, criar as principais oportunidades e buscar a vitória - disse o treinador em entrevista ao site oficial do clube - afirmou

Vale destacar que o Vasco teve seis vitórias, dois empates e apenas uma derrota. A campanha do Palmeiras foi bem parecida, com 22 pontos, sete vitórias, um empate e uma derrota. O treinador analisou o adversário e destacou o que o o time carioca necessita fazer para sair com a vitória.

+ Da estreia no Vasco ao protagonismo: a ascensão de MT em cinco atos

– O Palmeiras é uma equipe muito vertical. Uma equipe que está o tempo inteiro contando com os meias e atacantes, colocando eles no jogo, então incomoda o tempo todo a nossa linha defensiva. A ideia é evitar dois tipos de situações principais. Que seria a bola infiltrada nas costas da nossa defesa e as finalizações de fora da área. São duas situações importantes que precisamos controlar. A nossa linha tem que vencer os duelos e nosso meio-campo precisa atuar com muita efetividade nos momentos de transição, principalmente na linha defensiva - salientou.

Últimas