Lance Ídolo do Coritiba nos anos 90, Cleber Arado morre aos 48 anos

Ídolo do Coritiba nos anos 90, Cleber Arado morre aos 48 anos

Ex-jogador, destaque do Estadual de 1999, não resiste a complicações causadas pela Covid-19 e falece neste sábado na capital paranaense. Prefeito Rafael Greca decreta luto oficial

Lance
Lance

Lance

Lance

O futebol brasileiro teve sua primeira perda pela Covid-19 em 2021. Ídolo do Coritiba, Cléber Arado morreu neste sábado, aos 48 anos, após ficar internado por um mês em um hospital na capital paranaense. O prefeito Rafael Greca decretou luto oficial em homenagem ao jogador que fez história no Coxa.
Arado estava internado desde 29 de novembro, mas seu quadro piorou nos últimos dias, quando precisou ser entubado e desenvolveu pneumonia devido ao uso do respirador. Ele não resistiu até ficar em coma nos últimos dias.
Nascido em São José do Rio Preto (SP), Cleber iniciou sua carreira no América-SP. Arado vestiu a camisa do Coritiba entre 1997 e também entre 1998 e 2000. Foram 45 gols em 85 jogos e momentos históricos.

O mais emblemático foi o título paranaense de 1999. Aquele ano marcou o fim de um jejum de dez anos do Coxa em estaduais,. Arado marcou gols em dois dos três jogos decisivos na decisão com o Paraná.


O mandatário Renato Follador Junior se manifestou sobre o adeus.
- Hoje perdemos um daqueles atletas que estão marcados para sempre na história do nosso clube. Cléber Arado foi o camisa 10 do final de uma década difícil para todos nós, coxas-branca. Os inapeláveis chutes de perna esquerda, os pênaltis indefensáveis, o gol de voleio da final do estadual, o título no Pinheirão... Tudo isso representou um renascimento ao final dos anos 90 - e, em seguida, afirmou:

- Muito por conta disso, Cleber é o ídolo de uma geração inteira de coritibanos. Os ídolos não morrem, aliás, vivem ainda mais presentes na memória dos que os idolatraram. Cleber Arado deixou seu corpo físico, mas seu espírito continuará forte como sempre foi. A torcida e a diretoria do Coxa abraçam a família do nosso querido amigo e atleta. Vá em paz, artilheiro - completou.


O atacante ainda rodou por clubes como Mogi Mirim, Portuguesa, Ceará, Kyoto Sanga (JAP) e Mérida (ESP). O sepultamento de Cleber Arado acontecerá neste domingo, às 12h, na Capela Municipal de São José do Rio Preto, em São Paulo, cidade natal do ex-jogador.

Últimas