Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Horner é acusado de assédio sexual por funcionária da RRB, diz jornal

Chefe de equipe teria enviado mensagens sugestivas e tentado acordo milionário com denunciante

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

O "Caso Horner" segue ganhando mais detalhes. O chefe da Red Bull Racing (RBR) é investigado internamente pela equipe após ser acusado por uma funcionária de má conduta. A novidade agora é que a acusação contra ele teria sido mesmo por assédio sexual.

A informação é do jornal holandês De Telegraaf. Segundo a publicação, Christian Horner teria enviado mensagens de cunho sexual à funcionária que fez a denúncia durante "um período de tempo considerável".

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

Ainda de acordo com o periódico holandês, Horner teria tentado chegar a um acordo com a funcionária, oferecendo o valor de £650 mil (aproximadamente R$ 4 milhões), que foi recusado pela denunciante.

Publicidade

Na última sexta-feira, Horner participou de uma primeira reunião sobre o caso com investigadores independentes em Londres. As discussões teriam durado mais de oito horas, e o caso não foi solucionado de imediato. 

➡️ RBR investiga Horner por ‘comportamento inapropriado’

A F1 retorna em 2 de março de 2024 com o GP do Bahrein, primeira de 24 etapas na maior temporada da história da categoria.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.