Lance Hoje no Palmeiras, Bruno Rodrigues e Breno Lopes dividiram quarto no Joinville e passaram dificuldades

Hoje no Palmeiras, Bruno Rodrigues e Breno Lopes dividiram quarto no Joinville e passaram dificuldades

Dupla pode reeditar parceria na Supercopa do Brasil, contra o São Paulo

Lance
Lance

Lance

Lance

Reforço para o ataque do Palmeiras, Bruno Rodrigues vai reencontrar Breno Lopes no Verdão. A dupla fez parceria no Joinville em 2017, na Série C, e o camisa 11 do Verdão revelou ter dividido quarto com Breno no clube catarinense. O novo atacante alviverde também compartilhou detalhes sobre momentos conturbados que ambos passaram juntos na carreira.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Sem Endrick, convocado para disputar o Pré-Olímpico, o técnico Abel Ferreira pode escalar Bruno Rodrigues e Breno Lopes como titulares na Supercopa do Brasil, contra o São Paulo, no dia 2 de fevereiro.

- Não trocamos essa ideia ainda, fomos parceiros de quarto lá no Joinville. A gente sabe o que passou por lá, tudo que ele está vivendo aqui, quando ele fez o gol na final da Libertadores eu lembrei de tudo que a gente passou, estava do lado dele lá, estou muito feliz pelo o que ele já fez no Palmeiras e espero fazer uma história como a dele por aqui. A gente dormia sem luz, a gente merendava quentinha, a gente sabe o que a gente passou no Joinville - disse Bruno durante coletiva na Academia de Futebol.

Antes de se destacar pelo Cruzeiro, Bruno Rodrigues teve passagens pelo Doxa, do Chipre, Paraná, Ponte Preta, São Paulo e Famalicão. O atacante detalhou as dificuldades que encontrou durante a carreira e revelou que quase “parou em um caixão”.

+ Veja como ficou a tabela do Brasileirão após a última rodada

- Passa um filme na minha cabeça por tudo que eu vivi. Leandro tá sempre comigo, João Quebra Osso, Boçal, se não fossem eles eu não estaria vivendo o que eu estou vivendo. Se eu puder fazer, eu sempre vou fazer pelas pessoas que acreditaram em mim, que sabiam que eu tinha potencial. Várias vezes pensei em desistir, minha história de vida é um pouco complicada, por tudo que eu estou vivendo hoje, só posso agradecer a Deus, se não fosse ele, hoje eu não estaria aqui. Poderia estar em um caixão, sou um menino de favela pequena, não sabia o que poderia acontecer comigo. Agradeço meus pais, e a Deus por essa oportunidade - comentou o novo atacante do Verdão.

Bruno Rodrigues terminou a temporada em alta no Cruzeiro. Com 13 gols e sete assistências, o atacante foi um dos principais responsáveis pela permanência da Raposa na Série A. Seu vínculo com o Palmeiras vai até o final de 2028.

Últimas