Lance Herói da Holanda em 2014, Tim Krul está fora da Copa; goleiro foi cortado por 'não' a Van Gaal

Herói da Holanda em 2014, Tim Krul está fora da Copa; goleiro foi cortado por 'não' a Van Gaal

Arqueiro estava entre os nomes no radar do treinador holandês, mas destendimento o tirou da disputa pela vaga

Lance
Lance

Lance

Lance

Tim Krul foi herói da Holanda na Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil. Nas quartas de final, o goleiro saiu do banco na prorrogação para defender duas penalidades e levar a Laranja Mecânica às semifinais. Agora, oito anos depois, ele ficou de fora de novo Mundial por motivo que tem muito a ver com o fundamento.

A Holanda já chegou ao Qatar e trabalha ao longo desta semana com o técnico Louis Van Gaal. Curiosamente, o treinador também comandava a seleção em 2014, quando Krul fez a diferença. Dessa vez, contudo, os nomes para a posição de goleiro são bastante diferentes: Justin Bijlow (Feyenoord), Andries Noppert (Heerenveen) e Remko Pasveer (Ajax).

+ Com festa e público, Holanda faz último treino antes de viagem para o Qatar

Krul fez parte da campanha vitoriosa da Holanda nas Eliminatórias, que levou a seleção à Copa do Mundo. No entanto, um mês antes da convocação, foi descartado por Van Gaal. O motivo é bastante curioso: o goleiro se recusou a participar de um treinamento de pênaltis e, por isso, ficou de fora.

- Krul me ligou para me dizer que não viria. Achei uma pena, porque sei que ele é o que mais defende pênaltis. Mas não há futuro para ele na seleção, porque ele não quis vir. É a consequência da sua decisão. Sempre pensei que as penalidades podem ser treinadas - disse o treinador holandês, antes de completar:

- Não é a mesma situação ou a mesma pressão de um jogo, mas você pode automatizar os processos e ganhar confiança - disse o técnico, em setembro, durante uma coletiva de imprensa - finalizou, em entrevista coletiva.

Krul - goleiro reserva da Holanda (Foto: Damien Meyer/AFP)

Krul - goleiro reserva da Holanda (Foto: Damien Meyer/AFP)

Lance

O momento em que Krul entrou em campo para fazer história (Foto: Damien Meyer/AFP)

RELEMBRE OS MOMENTOS DE ESTRELA DO GOLEIRO

A Holanda disputava as quartas de final da Copa do Mundo de 2014, diante da sensação do torneio: a Costa Rica, de Brian Ruíz. Apesar do favoritismo holandês, a partida não teve gols durante os 120 minutos e, na prorrogação, Van Gaal preparou uma substituição que choraria a torcida: a entrada do goleiro Tim Krul, apenas para a disputa de pênaltis.

+ Líderes espirituais do Senegal oram por recuperação de Sadio Mané para a Copa do Mundo

O arqueiro entrou na vaga de Cillessen, que iniciou todos os jogos ao longo da Copa do Mundo, e não decepcionou. Com duas penalidades defendidas, Krul levou a Holanda às semifinais, mas não conseguiu repetir o feito. A Holanda foi para nova disputa de pênaltis, dessa vez contra a Argentina, e Van Gaal decidiu manter o titular e a Laranja Mecânica foi eliminada.

Últimas