Lance Harris aplica virada sobre Shapovalov e faz, em Dubai, 2ª final da carreira

Harris aplica virada sobre Shapovalov e faz, em Dubai, 2ª final da carreira

Sul-africano tem semanas do sonhos e vai decidir título mais importante da carreira

Lance
Lance

Lance

Lance

A semana se sonho do sul-africano Lloyd Harris, 81º da ATP, será finalizada com a disputa da grande final no ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Harris aplicou uma virada sobre o canadense Denis Shapovalov, 12º, quando perdia 4/2 no 2º set.

Vindo do torneio qualificatório, Harris acumulou vitórias importantes contra o principal favorito, o austríaco Dominic Thiem, o sérvio Filip Krajinovic, 14º favorito, e o japonês Kei Nishikori, para chegar à semifinal. Nela, lidou com a consistência de Shapovalov, que chegou ali sem perder sets e tendo inclusive perdido apenas seis pontos em todo o jogo de quartas de final contra o francês Jeremy Chardy.

Em quadra, Harris batalhou por 2h36 para fechar o placar em 6/7 (5) 6/4 7/6 (6) tendo disparado 12 aces contra oito do canadense, que cometeu oito duplas-faltas contra duas do sul-africano, que venceu 80% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 75% de aproveitamento de Shapovalov.

Após um primeiro set sem quebras e definição no tiebreak, Harris chegou a perder o segundo set em 4/2 e virou com quebras no oitavo e décimo games e forçou o set decisivo, que se espelhou no primeiro, sem breakpoints ou quebras e definição no tiebreak.

Na grande final, Lloyd Harris aguarda pelo vencedor do duelo russo entre Aslan Karastev e Andrey Rublev.

Esta é a segundo final em nível ATP da carreira do sul-africano, que foi vice-campeão do ATP 250 de Adelaide em 2020, perdendo a final de Rublev.

Últimas