Lance Hamilton comenta condenação de Nelson Piquet por fala 'racista e homofóbica'

Hamilton comenta condenação de Nelson Piquet por fala 'racista e homofóbica'

Brasileiro terá que pagar multa milionária após ofender o astro britânico em entrevista

Lance
Lance

Lance

Lance

O piloto Lewis Hamilton comentou a condenação do brasileiro Nelson Piquet, que precisará pagar uma multa de R$5 milhões à Justiça por uma fala sobre o britânico, proferida em 2021, entendida como racista e homofóbica pelo Ministério Público. Em entrevista para o "dia da mídia" antes do GP da Austrália, o astro da Fórmula 1 celebrou a punição ao ex-esportista.

- Bem, quando aconteceu, fiz comentários sobre isso. Acho que ainda acredito que geralmente não devemos dar uma plataforma às pessoas que estão cheias de ódio. Gostaria de reconhecer o governo do Brasil, acho incrível o que eles fizeram ao responsabilizar alguém, mostrando às pessoas que isso não é tolerado - disse.

+ Messi se aproxima do 2º lugar: saiba os jogadores com mais gols por seleções na história

A sentença de Nelson Piquet foi determinada na Vara Cível de Brasília no último sábado. O ex-piloto foi denunciado por entidades antirracistas e de defesa à causa LGBTQIAP+ após chamar Hamilton de "neguinho" e dizer que ele "devia estar dando o c*" durante o auge da carreira. O episódio aconteceu em entrevista ao canal "Motorsports Talks", em junho do ano passado, mas o vídeo foi deletado depois da repercussão negativa.

A declaração de Piquet repercutiu ao redor do mundo e o brasileiro foi criticado pela organização da Fórmula 1, por jornalistas e por pilotos. Na época, Lewis Hamilton também rebateu a fala do ex-piloto e afirmou que "essas mentalidades arcaicas precisam mudar".

Últimas