Lance Há 80 anos: Palmeiras lembra que inaugurou Pacaembu com goleada

Há 80 anos: Palmeiras lembra que inaugurou Pacaembu com goleada

Em 28 de abril de 1940, o Palestra Itália, como ainda chamava o Verdão, foi convidado a protagonizar a partida de abertura do estádio municipal e derrotou o Coritiba por 6 a 2

Lance
Lance

Lance

Lance

Há 80 anos, o Palmeiras mostrava que o Pacaembu também é sua casa. Em 28 de abril de 1940, no dia seguinte à solenidade de inauguração do estádio municipal, o Palestra Itália, como era chamado o clube, foi convidado a fazer a primeira partida oficial no local e venceu o Coritiba por 6 a 2.

O primeiro gol do estádio foi do time que tinha sido campeão paranaense no mês anterior, feito por Zequinha, com um minuto de jogo. Mas Echevarrieta virou ainda no primeiro tempo. Luizinho, Elyseo, Echevarrieta e Sandro ampliaram para os palestrinos, com Branco descontando já no fim (confira a ficha técnica da histórica partida abaixo). A curiosidade é que o árbitro daquela partida foi Heitor Marcelino, maior artilheiro da história do Palmeiras.

A partida era válida pela Taça da Cidade de São Paulo, evento de inauguração do Pacaembu, torneio que acabou conquistado pelo Palestra em vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians, uma semana depois. E foi o primeiro título do Palmeiras, clube que mais vezes foi campeão no estádio municipal: 27 com a equipe profissional (os Brasileiros de 1960, 1967 e 1994, os Rio-São Paulo de 1951, 1965 e 1993 e os Paulistas de 1940, 1942, 1944, 1950, 1959, 1963 e 1972 são os principais deles) e outros 12 com times das categorias de base.

Confira a publicação do Palmeiras lembrando a goleada de 80 anos atrás:

Confira a ficha técnica da partida realizada em 28 de abril de 1940:

FICHA TÉCNICA
PALESTRA ITÁLIA 6 x 2 CORITIBA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 28/4/1940
Árbitro: Heitor Marcelino Domingues (SP)
Gols: Zequinha (1'/1°T) (0-1), Echevarrieta (6'/1°T) (1-1) e Echevarrieta (36'/1°T) (2-1); Luizinho (11'/2°T) (3-1), Elyseo (18'/2°T) (4-1), Echevarrieta (22'/2°T) (5-1), Sandro (36'/2°T) (6-1) e Branco (42'/2°T) (6-2)

PALESTRA ITÁLIA: Gijo; Carnera e Junqueira; Carlos, Sidney e Del Nero; Luizinho, Sandro, Elyseo, Carioca e Echevarrieta.

CORITIBA: Ary; Borges e Alpheu; Tonico, Areão e Warde; Zequinha, Pio, Rubens, Pivo e Saul (Branco).

Últimas