Lance Guilherme Costa atinge índice olímpico e garante vaga na final dos 200m livre no Mundial de Doha

Guilherme Costa atinge índice olímpico e garante vaga na final dos 200m livre no Mundial de Doha

Brasileiro não começa bem, mas faz dever de casa e leva o Brasil para final

Lance
Lance

Lance

Lance

Guilherme Costa, o "Cachorrão", conquistou a sua vaga na final dos 200m livre no Mundial de Esportes Aquáticos, em Doha, no Catar, nesta segunda-feira (12). O brasileiro ficou em terceiro lugar em sua bateria com 1m46s06. É a melhor marcar do atleta, que também alcançou o índice olímpico para Paris 2024.

Guilherme não teve um bom início de prova e passou os primeiros 100m em oitavo lugar. No entanto, na penúltima perna, iniciou uma bela recuperação e virou para a última etapa em quinto lugar. Na reta final, acelerou e conseguiu fechar em terceiro com 1m46s06, atrás do austaliano Elijah Winnington e do alemão Rafael Miroslaw.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Sobre o resultado, o brasileiro ficou feliz e realizado, mas principalmente, pela conquista do índice olímpico, que tanto queria. E que não faltarão ajustes nas próximas provas.

— Foi muito bom, o mais importante é que foi índice olímpico, faltava esse índice para mim. E mais do que isso, é poder me reencontrar na competição. Acho que eu não comecei muito bem, depois analisei a prova e vi que errei tecnicamente, mas hoje eu pude acertar isso numa prova que é nova para mim. Foi minha melhor marca pessoal, então eu evoluí nessa prova, que vai me ajudar nos 400m livre. Ontem eu não fiz o que tinha que fazer. Mas eu vou usar de novo a dor de ter ficado em quarto lugar e nas Olimpíadas isso não vai acontecer. Eu vou buscar a medalha, eu treinei muito para isso e ontem eu não fiz o que eu treinei para fazer — disse Costa.

Além da final dos 200m, Cachorrão participará das provas de 800m e 1500m livre nos próximos dias em Doha.

Últimas