Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Grêmio: Renato Gaúcho critica desempenho de Seneme na CBF após derrota para o Flamengo

Técnico reclama das análises feitas pelo presidente da Comissão de Arbitragem

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Jogadores do Grêmio em ação no Maracanã na derrota para o Flamengo (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

A eliminação do Grêmio segue dando o que falar. O técnico Renato Gaúcho, criticou o presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Wilson Serene, por conta do pênalti marcado a favor doFlamengo. O Rubro-Negro venceu por 1 a 0 e se classificou à final da competição.

- Eu que vivo do futebol não entendo algumas regras, não é que eu não entendo, é que fica difícil de entender algumas regras. É muito fácil, vem o Seneme e fala 'aqui foi pênalti, não foi'. Quem é o Seneme para falar que isso é pênalti e aquilo não é pênalti?. O que ele entende mais de futebol do que a gente? Ah, ele foi árbitro, é ex-árbitro… Eu sou ex-jogador. Então, a pergunta que eu faço para ele é o que ele entende mais de regra do que eu? - disparou Renato.

+ Próximos jogos do Grêmio: veja calendário, datas, horários e onde assistir às partidas

No lance em questão, o zagueiro rubro-negro Léo Pereira cabeceou a bola, que logo em seguida tocou na mão de Rodrigo Ely. Depois da jogada ter sido analisada no VAR, Arrascaeta cobrou o pênalti e marcou para o time carioca.

Publicidade

Renato comparou o lance a um que ocorreu nas quartas de final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Bahia. Na jogada, Uivi cabeceou e em sequência a bola encostou no braço do volante do Bahia, Rezende, mas a arbitragem não deu pênalti para o tricolor.

- O nosso lance pode ver, diante do Bahia, primeiro jogo das quartas pela Copa do Brasil, um lance muito pior do que o que a gente viu aqui e não foi pênalti - comentou o treinador.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.