Lance Governo da Grécia contradiz Tsitsipas e incentiva vacinação

Governo da Grécia contradiz Tsitsipas e incentiva vacinação

Porta-voz do governo central pediu prudência de atletas e celebridades sobre temas que não dominam

Lance
Lance

Lance

Lance

O governo central da Grécia se antecipou a uma possível desistência de seus cidadãos em relação à vacina da COVID-19 e se apressou em contradizer uma da principais estrelas do país, o tenista Stefanos Tsitsipas.

Após as declarações de Tsitsipas na imprensa local sobre a necessidade de jovens "se contaminarem" para criar uma "imunidade de grupo" e que via como "desnecessária a vacinação de jovens", pois o período de pesquisa das vacinas teria sido "curto", o porta-voz do governo grego, Giannis Oikonomou, foi à imprensa do país desmentir o tenista que é hoje o principal atleta grego.

"Ele não tem o conhecimento e os estudos para avaliar a necessidade de vacinas", afirmou Oikonomou, noticiou a agência de notícias Reuters.

“Stefanos Tsitsipas é um grande atleta, sua habilidade no esporte e sua contribuição para o esporte no país são inquestionáveis", fez questão de ressaltar.

“O que está em jogo, entretanto, é sua capacidade de avaliar a necessidade de vacinas ou se a vacina foi testada por um período de tempo suficiente. E ele não tem o conhecimento, nem os estudos, nem o trabalho de pesquisa que permitiriam ele para formar uma opinião sobre isso", asseverou Oikonomou, que ainda orientou os cidadãos do país a ouvirem especialistas em saúde pública, além de 'puxar a orelha de Tsitsipas e qualquer celebridade do país que fale sobre o que não domina.

"Àqueles que por seu excelente desempenho em outros lugares também são um ponto de referência para grupos sociais mais amplos, seria bom ter o dobro do cuidado ao expressar essas opiniões”, alertou Oikonomou

Últimas