Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Goleada sobre o Resende faz Vasco encerrar escrita de nove anos

Última vitória com cinco ou mais gols de diferença foi em 2014, um atropelamento sobre o Friburguense por 6 a 0. As partidas possuem...

Lance|

Lance
Lance Lance

A goleada sobre o Resende encerrou uma escrita no Vasco que durava nove anos. Esse foi o período que o Cruz-Maltino ficou sem vencer por uma diferença de 5 gols ou mais. O último atropelamento vascaíno aconteceu em 2014, na vitória sobre o Friburguense, por 6 a 0, pela terceira rodada do Campeonato Carioca.

+ VÍDEO: Pedro Raul desencanta pelo Vasco e revela estar aliviado: 'Fiquei noites sem dormir'

As goleadas possuem vários fatos em comum. A começar pelo estádio, São Januário. Em ambas o centroavante do time marcou dois gols. Edmilson em 2014, Pedro Raul em 2023. O lateral-esquerdo também balançou a rede, Marlon antes, Lucas Piton agora.

O camisa 11 esteve iluminado, tanto no passado com Montoya, autor de um dos gols, quanto Gabriel Pec, que também deixou o dele. E para fechar as coincidências, o último gol foi marcado por um zagueiro, Rafael Vaz contra o Friburguense, e Léo diante do Resende.

Publicidade

Outro fato interessante na goleada sobre o Friburguense foi a estreia do goleiro Martín Silva, que ficou no Vasco até 2018, conquistou dois títulos estaduais e para muitos torcedores possui status de ídolo.

O técnico na goleada por 6 a 0 era Adilson Batista, que escalou o time com Martín Silva; André Rocha, Rodrigo, Luan e Marlon; Guiñazú, Aranda, Felippe Bastos e Montoya; William Barbio, que marcou um gol dos gols, e Edmílson. No segundo tempo entraram Abuda, Rafael Vaz e Bernardo. Ao final daquele ano o Cruz-Maltino conseguiu o acesso na Série B.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.