Lance Gilson Kleina é apresentado pela Ponte e prega 'união'

Gilson Kleina é apresentado pela Ponte e prega 'união'

Treinador sabe do momento complicado da equipe e chegou repleto de frases de efeito no primeiro contato com a imprensa

Lance
Lance

Lance

Lance

Gilson Kleina está de volta a Ponte Preta. Em meio a crise que a Macaca vive, o treinador foi chamado pela diretoria para desenvolver a quinta passagem no clube.

+ Copa América no Brasil: veja quais estados aceitaram o evento e quais negaram jogos

Consciente do momento que a Ponte Preta atravessa, o treinador fez uma análise das passagens até o momento na equipe.

‘Meu ciclo de treinador vai para 17 anos na carreira. O clube que mais treinei foi a Ponte Preta, com 187 jogos. Foi aqui que tivemos grandes desempenhos, como o acesso em 2011, o Brasileiro de 2012, na final do Paulista de 2017, a arrancada épica que tivemos na reta final da Série B de 2018, e a última passagem que foi mediana. Não quero isentar minha parcela de culpa. Eu fiz essa reflexão no meu último ano. O passado não vai vir no presente, mas que possa construir no novo ciclo novamente uma história de conquistas. Entender que vamos ter de passar por um processo’, afirmou.

União

Com diversas frases de efeito, Gilson Kleina prega união para que a Ponte Preta deixe o momento ruim e volte a dar alegria ao seu torcedor.

‘Quero dizer que a união da Ponte é o mais importante. Tentar fazer que todos acreditem no processo. Que os atletas representem o nosso torcedor. Que a gente possa jogar por eles, para trazer o torcedor novamente para o nosso lado. Gonzaguinha foi muito sábio ao dizer "Viver e não ter vergonha de ser feliz". Vamos viver e ser feliz’.

A estreia do comandante será no domingo, quando a Ponte Preta encara o Vasco da Gama, na Série B.

Últimas