Galo pode ter nova 'dor de cabeça' para manter Nathan no elenco

O contrato do meia vence no meio do ano e com a parada do futebol devido a pandemia de coronavírus, o clube terá de buscar novo acordo com o Chelsea, dono dos seus direitos

Lance

Lance

Lance

A paralisação do futebol brasileiro vai causar uma dificuldade extra para os clubes: lidar com jogadores que terão seus contratos encerrados no meio do ano. E, o Atlético-MG tem um atleta importante que pode se enquadrar nessa situação: o meia Nathan, que está emprestado pelo Chelsea-ING até o meio do ano.

Sendo assim, o time mineiro terá de buscar outro acordo com os ingleses para contar com o jogador no Campeonato Brasileiro, ainda sem data para começar devido a pandemia de coronavírus.

Nathan, de 24 anos, está no alvinegro desde a metade de 2018 e o Galo sempre conseguiu manter o jogador em BH emprestado. Mas, o Chelsea já havia dito que pretende vender o atleta para recuperar parte do investimento feito em 2015, quando atuava pelo Athletico-PR.

Nathan jogou 48 jogos pelo Galo, marcou cinco gols e conseguiu em quase dois anos de clube ganhar espaço no meio de campo, atuando até como segundo volante, o que deu qualidade ao time. Ele demorou a jogar em 2020 por questões de contrato, mas está nos planos de Sampaoli para o restante da temporada.