Zagueiro inclui Santa Clara na luta por uma vaga na Liga Europa: 'Sonho'

César Martins, que no Brasil defendeu clubes como Flamengo e Ponte Preta, afirma, porém, que o principal objetivo do elenco é melhorar a classificação do em relação ao ano passado

Lance

Lance

Lance

O Santa Clara fazia, até o momento de paralisação do Campeonato Português por conta da pandemia do coronavírus, uma campanha segura. Em nono lugar com 30 pontos, os Açoreanos ficaram em situação confortável no principal objetivo traçado pelo clube: permanecer na elite do futebol nacional pela terceira temporada seguida, o que seria um feito na história da agremiação.

Um dos brasileiros no elenco do Santa Clara, o zagueiro César Martins, com passagens no Brasil por clubes como Flamengo, Ponte Preta e Juventude, afirmou que a paralisação da Liga Nos ocorreu em um momento de crescimento de sua equipe.

- O Santa Clara vinha em uma crescente até a parada. Começamos lutando na parte baixa da tabela, mas depois conseguimos engrenar uma sequência de quatro vitórias e passamos a olhar para a parte alta da classificação. Então isso trouxe tranquilidade para ficar mais perto do objetivo traçado no clube que é ficar mais um ano na elite do futebol português. Se o campeonato terminasse hoje estaríamos na mesma posição da temporada passada. O grupo, após garantir essa permanência matemática, vai lutar para terminar o torneio em uma posição melhor - afirmou o defensor.

César não descartou a possibilidade de o Santa Clara lutar por uma vaga na próxima Liga Europa caso a atual temporada seja retomada:

- Seria um sonho conseguir levar o clube para uma Liga Europa. Mas precisamos ser conscientes que é uma missão bem complicada (a diferença do Santa Clara para o Rio Ave é de oito pontos faltando dez rodadas). E nosso principal objetivo, além da permanência do Santa Clara em mais um ano na elite, é melhorar a nossa classificação em relação a temporada passada. Hoje, se o campeonato chegasse ao fim, repetiríamos a colocação da última época.

Sem jogos, César Martins segue mantendo a forma em casa durante a quarentena. E revelou como tem sido sua rotina nas última semanas.

- O clube passou um programa especial para cada jogador. A comissão faz esse acompanhamento permanente em mensagens conosco. É interessante porque fazemos o trabalho todos juntos online com o preparador. Estamos procurando fazer uma rotina nesse ponto dos exercícios, não sendo tão cedo, mas seguindo uma continuidade. É um movimento importante para manter a forma física, uma vez que ainda não temos uma previsão de retorno da nossa rotina.