Futebol Xavi deverá ser o novo técnico do Barcelona após saída de Koeman

Xavi deverá ser o novo técnico do Barcelona após saída de Koeman

Treinador de 41 anos é um dos grandes ídolos da história do clube e chegará para substituir o holandês, demitido na quarta-feira

Lance
Xavi Hernández e Barcelona se aproximam de acordo

Xavi Hernández e Barcelona se aproximam de acordo

Lance

Após a demissão do técnico Ronald Koeman na última quarta-feira, na sequência da derrota para o Rayo Vallecano, pelo Campeonato Espanhol, o Barcelona já está perto de anunciar seu novo treinador. Segundo a imprensa espanhola, o ex-jogador Xavi Hernández aceitou a proposta do clube catalão.

Segundo o jornal "Sport", da Catalunha, entre clube e treinador está tudo fechado. Faltam apenas detalhes da rescisão do comandante de 41 anos com o Al-Sadd, do Qatar, seu atual time, para que o anúncio seja feito. Xavi deverá chegar ao Camp Nou com dois assistentes técnicos e um preparador físico.

Xavi tem uma multa rescisória de apenas 1 milhão de euros (R$ 6,4 milhões na cotação atual) com a equipe do Oriente Médio.

O jornal catalão "Mundo Deportivo" também assegura que o acerto é iminente e diz que a ideia do Barcelona é que Xavi estreie como treinador blaugrana na próxima terça-feira, quando a equipe encara o Dínamo de Kiev, pela Champions League. O jogo é válido pela quarta rodada do torneio.

Indo ao encontro do que diz o "Mundo Deportivo", o jornalista Fabrizio Romano afirma que o Barcelona deverá ter um treinador interino nos próximos dias, até que Xavi chegue ao clube. No sábado, a equipe encara o Alavés, na La Liga, e Sergi Barjuan, do Barcelona B, pode comandar o time.

Barcelona e Xavi Hernández já mantêm contatos há cerca de um mês, desde que Ronald Koeman estava pressionado no cargo. O clube catalão decidiu manter o holandês, mas, segundo a imprensa internacional, a decisão foi apenas para "ganhar tempo".

Ídolo do Barcelona como jogador, Xavi chegou ao clube com 11 anos de idade e estreou em 1998. Permaneceu até 2015, quando se transferiu para o Al-Sadd. Ao todo, foram 767 partidas oficiais disputadas na equipe catalã, com 85 gols marcados, 185 assistências distribuídas e 27 títulos conquistados.

Como técnico, Xavi treina o Al-Sadd, do Qatar, desde julho de 2019, quando se aposentou, e comandou o clube em 89 partidas, com 61 vitórias, 12 empates e 16 derrotas, conquistado sete títulos no total.

Paulistão: conheça todos campeões do estadual mais antigo do Brasil

Últimas