Futebol Wenger afirma que PSG errou ao não vender Mbappé para o Real Madrid

Wenger afirma que PSG errou ao não vender Mbappé para o Real Madrid

Histórico comandante do Arsenal diz que o Paris Saint-Germain brincou com a sorte ao recusar uma proposta gigantesca esperando uma renovação contratual com o atacante

Lance
Lance

Lance

Lance

Arsène Wenger, ex-técnico do Arsenal, acredita que o Paris Saint-Germain errou ao não vender Kylian Mbappé para o Real Madrid na última janela de transferências do verão europeu. Em entrevista ao "Canal+", o comandante afirmou que o clube francês brincou com a sorte.

- O tempo joga contra o PSG. Quando você está em uma situação assim, quanto mais se prolonga, mais difícil é encontrar um acordo. Estou há um ano e meio esperando que o PSG renove com Mbappé. É um atleta mais indispensável pela forma de jogo da equipe. Mas falta pouco tempo e hoje é livre para assinar com qualquer clube.

> Veja a tabela da Ligue 1

Segundo o histórico comandante dos Gunners, o Paris Saint-Germain aposta no sucesso esportivo do elenco montado para esta temporada com o objetivo de convencer o atacante francês a permanecer.

- O PSG tinha uma oferta firme do Real Madrid. Quando recusaram 180 milhões de euros, que até para o PSG é uma quantidade alta, acredito que disseram para si: "Temos que fazer uma grande temporada, temos Messi e não podemos permitir a saída de Mbappé, esperamos convencê-lo a ficar".

No entanto, Mbappé segue sem renovar sem acordo com o Paris Saint-Germain, enquanto a temporada se aproxima do fim. O atleta não irá se mover nesta janela de transferências de janeiro, mas o sonho de vestir a camisa do Real Madrid segue vivo no camisa sete.

Últimas