Flamengo

Futebol VP do Flamengo sobre mudança de nome do Maracanã: 'Não pode apagar o passado e a história assim'

VP do Flamengo sobre mudança de nome do Maracanã: 'Não pode apagar o passado e a história assim'

Rodrigo Dunshee, VP Geral e Jurídico do Flamengo, comentou a aprovação da Alerj de projeto de lei que dá ao Estádio do Maracanã o nome de Edson Arantes do Nascimento

Lance
Lance

Lance

Lance

A repercussão da decisão da Alerj, que aprovou o mudança do nome do Estádio do Maracanã para Edson Arantes de Nascimento - Rei Pelé, é grande. Entre os que não concordam com a alteração está Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do Flamengo. O dirigente se posicionou nas redes sociais.

- A gente não pode apagar o passado e a história assim. Mario Filho e Maracanã eternos, com todo respeito a quem pense o contrário - publicou o VP Dunshee a respeito da decisão tomada pelo deputados estaduais do Rio de Janeiro.

No texto aprovado pelos deputados, na terça, o complexo poliesportivo do Maracanã, que conta com o estádio de futebol, o Maracanãzinho, o parque aquático Júlio Delamare e o estádio de atletismo Célio de Barros, passaria a se chamar Complexo Mário Filho, para continuar homenageando o jornalista.

Com a aprovação da Assembléia Legislativa, caso o governador em exercício do estado, Claudio Castro, sancione a proposta, o Estádio Jornalista Mário Filho passará a ser chamado de Estádio Edson Arantes do Nascimento - Rei Pelé.

Últimas