Futebol Vítor Pereira critica postura do Corinthians contra o Atlético-GO e diz que vitória contra o Galo fez mal

Vítor Pereira critica postura do Corinthians contra o Atlético-GO e diz que vitória contra o Galo fez mal

No último domingo (24), o Timão havia vencido o Atlético-MG pelo Brasileirão, mas agora foi derrotado pelo Dragão na Copa do Brasil: 'Perdemos com justiça'

Lance
Lance

Lance

Lance

Para o técnico Vítor Pereira, a vitória do Corinthians sobre o Atlético-MG, no último domingo (24), pelo Campeonato Brasileiro, fez mal ao Timão no confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (27), diante do Atlético-GO. A equipe do Parque São Jorge foi derrotada por 2 a 0, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.


+ ATUAÇÕES: Meias deixam a desejar em derrota do Corinthians na Copa do Brasil

Para o treinador corintiano, os seus atletas não entraram ligados e a explicação poderia ser o fato de o Dragão estar na zona de rebaixamento do Brasileirão. No entanto, o português deixou claro a condição diferente de uma eliminatória.

"Eu até aceito que do ponto de vista da dinâmica as coisas não funcionem bem, mas em ponto de vista da agressividade, determinação, disputa de cada lance, eu não aceito. E nós, no próximo jogo, precisamos jogar com tudo, com a faca na boca, mentalmente completamente ligados. Isso já no trará mais alguma coisa. Hoje não fomos essa equipe, não sei o porquê, provavelmente pela vitória anterior. Pensaríamos por eles estarem mal posicionado não estariam tão bem, mas esse é um jogo eliminatório e eles aproveitaram, agora é nossa vez de chegar em casa e dar a volta, porque temos condições. Para isso, temos que entrar com essa mentalidade", disse VP na entrevista coletiva após a partida.

+ Confira a tabela da Copa do Brasil e simule as partidas

O jogo de volta acontece dentro de três semanas, em São Paulo. Antes, o Corinthians terá pela frente os jogos das quartas de final da Libertadores, contra o Flamengo, nas duas próximas terças-feiras (2 e 9). Segundo Vítor, caso o clube alvinegro repita a atuação que teve com o Dragão, não terá chances de classificação na competição continental.

"Esse jogo tem que servir de lição que não podemos jogar dessa forma. Se jogarmos a primeira parte [contra o Flamengo] como jogamos hoje, não teremos hipótese nenhuma [de passar pelo Flamengo na Libertadores]. Temos que ganhar os duelos, dividir cada lance, ser mais forte, mais rápido, temos que ir com tudo. Hoje não fomos essa equipe. Jogamos contra um adversário que jogou assim e perdemos com justiça", destacou o treinador corintiano.

Ainda assim, Pereira acredita que o Corinthians pode reverter o resultado na Copa do Brasil, mesmo precisando tirar dois gols de diferença, mas para isso necessitará de uma postura completamente diferente da apresentada no primeiro confronto.

"2 a 0 são 2 a 0. Teremos que entrar, jogar de forma determinada como eles jogaram aqui hoje. Se jogarmos da forma determinada, como eles jogaram aqui hoje, no nosso estádio, temos a possibilidade de virar a eliminatória. Mas temos que mudar radicalmente a nossa forma de estar em campo. Apesar de todos os avisos, não entramos com a mentalidade de enfrentar", disse Vítor.

O próximo compromisso do Corinthians será no sábado (30), mas pelo Campeonato Brasileiro. O Timão recebe o Botafogo, na Neo Química Arena, pela primeira rodada do segundo turno do Brasileirão.

A tendência é que o clube do Parque São Jorge vá a campo com uma escalação alternativa, já que o confronto acontecerá três dias antes do jogo de ida das quartas de final da Libertadores, contra o Flamengo.

Últimas