Futebol VÍDEO: Torcedor do Boca é autuado ao tentar arrumar confusão em hotel onde Corinthians ficará hospedado

VÍDEO: Torcedor do Boca é autuado ao tentar arrumar confusão em hotel onde Corinthians ficará hospedado

O torcedor recebeu uma espécie de advertência para delitos menores. Dependendo do curso do processo, poderá ser multado ou prestar serviços comunitários

Lance

Um torcedor do Boca Juniors foi autuado pela polícia argentina por incitação de violência contra corintianos no bairro de Puerto Madero, em Buenos Aires, na frente do hotel onde a delegação do Corinthians ficará hospedada antes do jogo contra o Boca Juniors, pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores.

+ GALERIA - Onde estão os jogadores do Timão que conquistaram a Libertadores há 10 anos

O princípio de confusão aconteceu por volta das 18h30, quando um grupo de 20 torcedores do Timão já marcavam presença aguardando a chegada do elenco.

O 'hincha' do Boca, então, passou e começou a gritar e intimidar os corintianos, prontamente sendo separado pelo grupo que fazia o policiamento no local.

A resposta dos corintianos foi cantando músicas do clube alvinegro.

Segundo levantou a reportagem do LANCE!, presente no local, o torcedor do Boca recebeu uma espécie de advertência para delitos menores. Ele receberá uma intimação e, dependendo do curso do processo, poderá ser multado ou prestar serviços comunitários.

+ TABELA - Corinthians passa? Simule o mata-mata da Libertadores

Boca Juniors e Corinthians se enfrentam nesta terça-feira (5), às 21h30, na Bombonera, em busca de uma vaga às quartas de final da Libertadores. O primeiro jogo, disputado na Neo Química Arena, terminou sem gols. Qualquer empate leva a 'decisão' para os pênaltis.

O vencedor do confronto irá encarar quem avançar entre Flamengo e Tolima-COL. O Rubro-Negro venceu o primeiro confronto, na Colômbia, por 1 a 0.

Torcedor Boca sendo autuado na porta do hotel do Corinthians em Buenos Aires

Torcedor Boca sendo autuado na porta do hotel do Corinthians em Buenos Aires

Lance

Torcedor do Boca conversando com a polícia argentina (Foto: Fabio Lazaro / Lancepress)

Últimas