Futebol Vasco sai atrás, mas empata com o Boavista e avança na Copa do Brasil

Vasco sai atrás, mas empata com o Boavista e avança na Copa do Brasil

Cruz-Maltino abusou da lentidão, teve gol anulado e, na base da individualidade, conseguiu igualar o placar para ir às oitavas

Lance
O artilheiro Cano fez o gol que garantiu a classificação do Vasco

O artilheiro Cano fez o gol que garantiu a classificação do Vasco

ALEXANDRE BRUM/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO 09.06.21

Novamente foi uma atuação que deixou a desejar e, com muita emoção, o Vasco conseguiu se classificar às oitavas de final da Copa do Brasil. Após vitória pelo placar mínimo fora de casa, o time saiu atrás do Boavista em São Januário, nesta quarta-feira (9). No segundo tempo, contudo, após grande confusão, Cano salvou o time novamente.

Início movimentado e gol
Logo no primeiro minuto, o Boavista chegou em cabeceio de Renan por cima do gol. Aos três minutos, Gabriel Pec quase encobriu o goleiro, que conseguiu mandar para escanteio. Aos sete, Cano, de cabeça, obrigou Ary a trabalhar novamente. No minuto seguinte, foi Vanderlei quem teve que defender um chute da entrada da área. E aos 12 minutos, Jean cruzou da esquerda e Michel Douglas acertou um chute forte da entrada da área. Início de jogo frenético!



Ritmo lento
Com 23 minutos, após cruzamento da esquerda de Sarrafiore, a defesa visitante se enrolou e Gabriel Pec quase empatou. O chute, porém, foi desviado para fora. Demorou, mas aos 27 minutos apareceu uma jogada mais trabalhada pelo Vasco: da esquerda para a direita, com triangulações e movimentação, Léo Jabá recebeu na área. Só que a finalização foi para fora. Nos acréscimos, Sarrafiore teve uma chance da entrada da área, mas a chutou novamente foi para fora.

Visitante volta melhor
Quem estava atrás no placar era o Vasco, mas foi o Boavista quem teve a primeira chance da segunda etapa: Wisney recebeu de Jefferson Renan e Vanderlei precisou fechar o ângulo para não ser vazado. Ainda antes dos dez minutos, Marion chutou da entrada da área por cima do gol. O contra-ataque da equipe de Saquarema estava pronto.

Confusão e gol
Numa jogada individual, Léo Jabá deu o primeiro susto no goleiro Klever, perto dos dez minutos. E noutra jogada individual, esta aos 15, Cano errou o domínio, o braço esquerdo bateu na bola, Gabriel Pec fez o gol e após sete minutos, houve a não confirmação. Uma grande confusão ocorreu neste período. Não havia VAR no jogo. Mas logo quando a partida foi reiniciada, Léo Jabá cruzou novamente e, desta vez, o centroavante argentino guardou. Era o empate, agora sim!

Ufa!
O Boavista teve mais uma chance, com Marquinhos, e o Vasco teve mais uma com Cano. O placar, porém, não foi mais alterado. O Cruz-Maltino avança na competição!

VASCO 1 X 1 BOAVISTA

Data e Hora: 9/6/2021, às 16h30
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Jefferson Cleiton Piva da Silva
Cartão Amarelo: Sarrafiore, Gabriel Cabo (auxiliar-técnico) (VAS) / Leandrão, Bull e Gustavo Geladeira (BOA)
Gols: Michel Douglas (12'/1ºT 0-1) e Cano (26'/2ºT 1-1)
VASCO: ​Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Ricardo Graça e Zeca; Michel (Romulo, 33'/2ºT) e Galarza (Bruno Gomes, 54'/2ºT); Léo Jabá (Figueiredo, 43'/2ºT), Sarrafiore (Marquinhos Gabriel, Intervalo) e Gabriel Pec (Morato, 33'/2ºT); Cano - Técnico: Marcelo Cabo
BOAVISTA: Ary (Klever, Intervalo), Wisney (Caio Felipe, 43'/2ºT), Gustavo Geladeira, Victor Pereira e Jean Victor; Douglas Pedroso, Marion (Ralph, 24'/2ºT) e Ryan Guilherme (Luis Felipe, 35'/2ºT); Jefferson Renan (Bull, 35'/2ºT), Marquinhos e Michael Douglas - Técnico: Leandrão

Não é só Cristiano Ronaldo: Veja atletas mais fortes do futebol

Últimas