Futebol Vão deixar saudades? Veja as estatísticas dos jogadores que devem sair do São Paulo no fim deste ano

Vão deixar saudades? Veja as estatísticas dos jogadores que devem sair do São Paulo no fim deste ano

Benítez, Galeano, William e Rodrigo Freitas são atletas que têm mais chances de saírem do Tricolor. Do quarteto, alguns foram peças importantes, enquanto outros destoaram

Lance
Lance

Lance

Lance

Com o final da temporada, o São Paulo trabalha na busca por reforços, mas também pensa nos jogadores que têm mais chances de deixar o clube ao término deste ano. Quatro jogadores estão nessa situação: Benítez, Galeano, William e Rodrigo Freitas.

Esse quarteto tem os seus vínculos se encerrando no final deste mês e não devem continuar na equipe comandada por Rogério Ceni. A seguir, o LANCE! mostra as estatísticas de cada um desse grupo nesta temporada.

Benítez
Contratado por empréstimo do Independiente-ARG até o fim de dezembro, o jogador teve um primeiro semestre bom, mas conviveu com lesões, principalmente após o título do Campeonato Paulista. Nesta temporada, ele disputou 42 jogos, com quatro gols marcados e seis assistências.

Com o São Paulo precisando realizar um investimento de três milhões de dólares (cerca de R$ 16 milhões), para sua permanência, ela é muito improvável, como adiantou o empresário do jogador.

Galeano
Já o atacante paraguaio vive um impasse no São Paulo. Emprestado pelo Rubio Ñu-PAR, sua permanência era bastante provável, mas uma entorse no tornozelo direito sofrida na meta de outubro, fez ele operar a região e ser desfalque da equipe.

Se o São Paulo quiser continuar com o atleta, precisará pagar 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,5 milhões, no cotação atual). Nesta temporada, o paraguaio participou de 24 partidas, com um gol marcado e três assistências.

William
Contratado no começo desta temporada após uma boa passagem no México, o volante de 35 anos conviveu com lesões nesta temporada. A última foi uma artroscopia no joelho direito, cirurgia que ocorreu ainda em agosto. Sendo assim, já são quatro meses sem atuar. Sua última partida foi dia quatro de agosto, contra o Vasco, pela Copa do Brasil.

Desde que chegou, William atuou em somente nove partidas, com seis vitórias, um empate e duas derrotas, sem gols marcados nem assistências.

Rodrigo Freitas
O zagueiro de 23 anos, revelado na base do São Paulo, teve chances principalmente no primeiro semestre da temporada. Ele disputou nove partidas, com quatro vitórias, dois empates e três derrotas. Rodrigo fez um gol, na vitória sobre o Ituano por 3 a 0, pelo Campeonato Paulista.

Sem espaço no elenco, o defensor tem vínculo até o final deste mês e sua permanência é muito improvável.

Últimas