Futebol Valencia e jogador argentino entram em verdadeira 'rota de colisão'

Valencia e jogador argentino entram em verdadeira 'rota de colisão'

Enquanto Ezequiel Garay aponta uma "campanha" de pessoas que integram o clube que teriam dito inverdades sobre seu caso, espanhóis rebatem em comunicado

Lance
Lance

Lance

Lance

Se antes a situação do zagueiro argentino Ezequiel Garay tomava rumos que apontavam apenas para um desacordo de ideias entre ele e o Valencia pensando na renovação contratual do defensor, o caso tomou proporção de embate depois de manifestações mais agudas das duas partes no início da semana.

Primeiro, quem veio a público no último domingo (31) através de vídeo nas suas redes sociais em forma de comunicado foi o jogador de 33 anos de idade que está no clube espanhol há quatro temporadas. Nele, Garay começa indicando existir uma "campanha" contra ele através de "pessoas de meu clube", eximindo a imprensa mediante a informação de que ele teria rechaçado uma oferta de 2,7 milhões de euros (equivalente na atualidade a R$ 16,1 milhões) salariais por temporada. Informação essa, aliás, que ele apontou ser falsa.

O zagueiro discorre em seu comunicado como teriam ocorrido as negociações desde o último mês de julho de 2019 (alegando ter provas concretas) de suas afirmações onde ele reforçou a ideia de seguir no clube, porém jamais recebeu um acordo formal onde apenas a sua assinatura seria necessária. Mesmo depois de, no mês de novembro do último ano, ter acertado verbalmente as bases do mesmo.

Sobre a questão de redução salarial, ele pontua que foi incluso compulsoriamente no ERTE (mecanismo do governo espanhol semelhante a MP 936 no Brasil prevendo redução de jornada de trabalho e suspensão contratual temporária visando manutenção de postos de trabalho) mediante a sua negativa de redução salarial com percentual superior ao necessário para garantir os vencimentos em dia dos demais funcionários. Além de pontuar também que, após a sua lesão no joelho, o tema de sua renovação em nenhum momento foi novamente abordado pelo Valencia.

Garay assegura que segue querendo renovar com o clube pelas experiências vividas e que valoriza o mesmo desde seu primeiro dia onde, antes de assinar, teria recebido "uma oferta muito mais volumosa" do que na equipe Che.

Clube espanhol rebate

Ainda no domingo (31), os valencianos emitiram um comunicado oficial em tom de negativa aos apontamentos feitos pelo jogador ao mesmo tempo que tenta não confrontar as informações apresentadas por Garay no vídeo.

Além de "lamentar e manifestar sua surpresa diante do que foi dito", o Valencia pontua que sempre tratou com respeito e carinho aos seus atletas bem como agregou que Garay negou "por seguidas vezes" propostas que melhorariam sua atual situação contratual, algo "perfeitamente lícito".

O clube das Astúrias também mencionou que o zagueiro argentino havia sido o único de todo o plantel a não aceitar o acordo de redução salarial, por isso acabou sendo incluso no programa criado pelo governo espanhol, e que jamais mencionou isso publicamente "para evitar controvérsias e críticas públicas" a Ezequiel Garay.

Últimas