Futebol Vai voltar! Relembre a situação do Flamengo no Campeonato Carioca

Vai voltar! Relembre a situação do Flamengo no Campeonato Carioca

Equipe de Jorge Jesus já conquistou a Taça Rio e ainda tem a possibilidade de garantir o 36º troféu do Campeonato Carioca sem a necessidade das partidas decisivas

Lance
Lance

Lance

Lance

Agora é oficial: o Campeonato Carioca vai voltar. Apesar do retorno do futebol no Rio de Janeiro não ser uma unanimidade devido à pandemia da Covid-19 - Botafogo e Fluminense se posicionaram contra os jogos -, Flamengo e Bangu entrarão em campo nesta quinta, no Maracanã, pela quarta rodada da Taça Rio.

O LANCE! relembra como está a situação do time de Jorge Jesus no Estadual.

TAÇA GUANABARA: Campeão!

Após ficar em segundo lugar no Grupo A, atrás do Boavista, o Flamengo venceu o Fluminense na semifinal e chegou à decisão do primeiro turno. A vitória por 2 a 1 sobre o Boavista garantiu o título da Taça Guanabara ao time de Jorge Jesus.

TAÇA RIO: A situação atual

Com três vitórias em três jogos, o Flamengo lidera a chave A na fase de grupos da Taça Rio, seguido pelo Boavista, que tem seis pontos. A próxima partida do Rubro-Negro será contra o Bangu - a qual segue sem data para ser realizada.

CAMPEONATO CARIOCA: A disputa pelo título

Com a conquista da Taça Guanabara, o Flamengo garantiu sua presença na decisão do Campeonato Carioca. A conquista do 36º título estadual, contudo, pode acontecer sem a necessidade de disputar uma decisão em mata-mata.

Para isso, a equipe de Jorge Jesus precisa ser campeã da Taça Rio e, na soma das fases de grupos dos dois turnos ter mais pontos que todos as demais equipes do Campeonato Carioca. No momento, o Flamengo tem 22 pontos (13 na TG e 9 na TR), atrás do Fluminense, com 15 na TG e 9 na TR (24 no total).

No caso de qualquer outro clube vencer a Taça Rio, o Flamengo o enfrenta na decisão do Estadual em dois jogos. Se o Rubro-Negro for campeão do segundo turno, mas outra equipe somar mais pontos na somatória das fases de grupo, definem o torneio também em confronto mata-mata. Neste segundo cenário, a equipe de Jorge Jesus terá direito a escolha do mando de campo da primeira ou da segunda partida da final e jogará com a vantagem de dois empates.

Últimas