Futebol Vai ficar? Presidente do São Paulo dá pistas sobre o futuro de Lucas Moura

Vai ficar? Presidente do São Paulo dá pistas sobre o futuro de Lucas Moura

Atacante foi peça-chave do time de Dorival Júnior na segunda metade da temporada

Lance

O presidente do São Paulo, Julio Casares, esbanjou confiança na permanência de Lucas Moura para o ano de 2024. Em entrevista à 'ESPN' no Morumbi, palco do jogo de lendas entre São Paulo e Milan, o dirigente afirmou que a chance de permanência do craque é oito e meio, em uma escala de zero a dez.

➡️ Tudo sobre o Tricolor agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! São Paulo

- Estamos muito otimistas, as conversas são boas. Ele quer ficar, a família quer ficar. A gente tem muito respeito para não ficar sondando o atleta, mas estou muito otimista com o Lucas. Tenho uma cautela excessiva, de confirmar só quando estiver assinado. Mas ontem conversei com ele e estou muito animado. Seria nosso primeiro reforço.

Apesar da cautela, as falas do presidente do São Paulo deixam o torcedor esperançoso, já que Lucas deu um salto de qualidade ao time de Dorival Júnior. O atacante foi decisivo em campo, como na semifinal da Copa do Brasil diante do Corinthians, e fundamental pela sua liderança no vestiário. Em outras palavras: o camisa sete é um daqueles jogadores impossíveis de repor.

O dirigente também afirmou que a permanência de Lucas seria uma espécie de "presente de natal" para a torcida do São Paulo. Casares, no entanto, fez questão de citar outros jogadores que já assinaram ou estão próximos de assinar com o clube, como forma de prestigiar seu elenco, o qual considera competitivo para a temporada de 2024.

- Estamos nos esforçando para que a gente consiga brindar a torcida com a permanência do Lucas. Já temos o Erick, que é um grande valor, o Luiz Gustavo, vamos assinar com o Bobadilla. É olhar uma ou duas posições que são carentes. Eu acho que vai ser um ano de 2024 muito competitivo - concluiu.

Uma das "condições" para a permanência de Lucas no Tricolor era a montagem de um elenco competitivo para a disputa dos principais títulos da temporada, incluindo a Libertadores. O atacante nunca disputou a competição e deseja fazer uma boa participação na sua estreia, ainda mais vestindo a camisa do São Paulo.

Lucas Moura voltou ao São Paulo em agosto, depois de praticamente 11 anos na Europa. Disputou 19 jogos, marcou três gols e faturou uma taça: a inédita Copa do Brasil.

Últimas