Libertadores

Futebol Vacina e PCR: veja os protocolos para jogo do Fla na Libertadores

Vacina e PCR: veja os protocolos para jogo do Fla na Libertadores

Rubro-Negro enfrenta o Defensa y Justicia, em Brasília, pelo jogo de volta das oitavas do torneio. Partida terá cerca de 15 mil torcedores

Lance
Jogo do Flamengo na Libertadores terá presença de público

Jogo do Flamengo na Libertadores terá presença de público

Lance

Após a confirmação da partida contra o Defensa y Justicia em Brasília, o Flamengo se movimenta nos bastidores para definir a logística da volta do público aos estádios. Dentro desse contexto, uma série de protocolos deverão ser seguidos pelo clube rubro-negro, desde a venda de ingressos até a entrada dos torcedores no Mané Garrincha.

A transferência do Maracanã para o Mané Garrincha ocorreu após o Governo do Distrito Federal liberar, nesta quinta-feira, a presença de público em estádios e arenas. O chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, anunciou os protocolos sanitários que deverão ser seguidos nos eventos esportivos que serão disputados com a presença de público no DF (veja no fim da matéria).

Entre as medidas divulgadas, foi determinado que o limite de ocupação para é de até 25% da capacidade do estádio, o que representa cerca de 15 mil pessoas no Mané Garrincha. O Flamengo ainda divulgará como será o processo de venda de ingressos, mas ele deverá ser feito na internet.

Além disso, a vacinação será obrigatória para a presença de torcedores no estádio. Elas deverão apresentar, no momento da entrada, o cartão de vacinação, comprovando a imunização completa contra a Covid-19 com pelo menos 15 dias de antecedência à realização da partida.

Também deverá ser apresentado um teste PCR com resultado negativo, realizado com até 48h de antecedência ao início do jogo. A apresentação do cartão de vacinação e do laudo do exame é cumulativa e obrigatória, ou seja, ambos deverão ser apresentados no ato da entrada nos estádios.

Principais itens do protocolo sanitário para eventos esportivos com público:

- A ocupação máxima deverá ser de até 25% do local do evento;

- A venda de ingressos será feita pela internet;

- Só será permitida a entrada no estádio de pessoas que apresentem comprovante das duas doses da vacina ou da dose única, se for o caso. A última dose deve ter sido aplicada pelo menos 15 dias antes do dia do evento;

- As pessoas também terão que apresentar um exame de RT-PCR com resultado negativo para Covid-19, feito em até 48 horas antes do evento;

- Será proibida a entrada de menores de 18 anos e de gestantes;

- O espaço físico terá que ser organizado garantindo o distanciamento entre as pessoas. Só serão permitidos grupos de até seis pessoas;

- Será obrigatório o uso de máscaras, inclusive para os atletas do banco de reservas, exceto para os jogadores que estiverem em campo e a equipe de arbitragem;

- O banco de reservas terá que cumprir distanciamento entre os jogadores;
Será proibida a venda de bebidas e alimentos fora dos locais específicos para consumo, para evitar que as pessoas fiquem transitando sem máscara;

- A fiscalização desses requisitos será de responsabilidade da entidade organizadora do evento e da administradora do local;

- Será permitida a entrada de álcool em gel no estádio, mas somente até 100ml.

Racismo após pênalti perdido e causas sociais: conheça Rashford

Últimas