Futebol Uefa proíbe iluminação nas cores do arco-íris na Allianz Arena

Uefa proíbe iluminação nas cores do arco-íris na Allianz Arena

Alemanha recebe a Hungria nesta quinta-feira e prefeito de Munique solicitou uso da iluminação em protesto contra a lei na Hungria

Lance
Protesto no estádio foi vetado pela Uefa

Protesto no estádio foi vetado pela Uefa

Lance

A Uefa rejeitou um pedido feito por Dieter Reiter, prefeito de Munique, para que a Allianz Arena fosse iluminada por fora com as cores do arco-íris. O governante gostaria de fazer um protesto contra uma lei anti-LGBT aprovada na Hungria no confronto entre alemães e húngaros pela Eurocopa.

O país do leste europeu proibiu a circulação conteúdos infantis que mostrem pessoas gays ou transgêneras. A entidade que regula o futebol europeu afirmou apoiar a causa LGBT, mas que deve se manter "politicamente neutra" e por isso não pôde aprovar o requerimento.

O ministro de Relações Exteriores da Hungria, Peter Szijjarto, comemorou a decisão da Uefa e disse que "o bom senso prevalece" na entidade por não acompanhar o que chamou de "provocação política" por parte da prefeitura de Munique.

Alemanha e Hungria se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h (horário de Brasília). A equipe de Joachim Low busca vencer e se classificar para as oitavas de final, enquanto o time dirigido por Marco Rossi sonha com um triunfo e uma qualificação histórica em um grupo que também conta com França e Portugal.

Teriam espaço no Brasil? Veja 7 brasileiros que estão na Eurocopa

Últimas