Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone comenta sobre cargo técnico e temporada do clube marcada por altos e baixos

Ano dos Colchoneros foi marcado por fases pré e pós-Copa do Mundo do Catar

Futebol|Do R7


Lance
Simeone revela que cargo técnico estremeceu, mas garante permanência na próxima temporada (PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP)

Faltando um jogo, válido pela La Liga, o Atlético de Madrid termina a temporada 2022/23 sem títulos, em um ano marcado por duas partes, a pré e pós-Copa do Mundo. O baixo rendimento na fase anterior ao Mundial do Catar deixou o cargo técnico de 12 anos de Diego Simeone estremecido.

A primeira parte da temporada marcou uma equilibrada dos Colchoneros, podendo ser classificada como ruim pelo histórico vencedor. Em 21 jogos, venceu somente nove e teve cinco derrotas. Após o intervalo da Copa do Mundo, Simeone transformou o time e voltou a mostrar poder ofensivo em campo, vencendo 19 das 27 partidas disputadas, perdendo apenas quatro.

+ Obra do Camp Nou é iniciada pelo Barcelona: veja como vai ficar o estádio

A remontada do Atlético de Madrid fez o time alcançar o lugar de sempre, o top 3 da La Liga. Por pouco, os Colchoneros não ficaram com a vice-liderança, mas garantiram a classificação para a próxima edição da Champions League.

Publicidade

Em entrevista ao jornal El Partidazzo, da Espanha, Simeone falou sobre diversos assuntos, mas o tópico central foi comando da equipe. O treinador falou sobre a pressão que sofreu no início da temporada, mas garantiu que não pensou em sair do clube.

+ 10% OFF nos mantos internacionais a partir de R$299,90 com o cupom: LANCEFUT

Publicidade

- Aqueles primeiros quatro meses foram alguns dos mais difíceis. Não trabalhamos porque o time não foi bom e quando o time não é bom, o primeiro foco é o técnico. A pior coisa que ouvi foi que o ciclo estava completo e que tudo que viria seria ruim. As pessoas com quem eu andava me diziam: "É hora de ir embora, você já deu muito ao Atlético". E eu entendi que não.

Diego Simeone, no clube desde 2011, tem contrato até junho de 2024. 14 vezes campeão como treinador, além da passagem como jogador, o argentino quer continuar na Espanha em busca de mais títulos.

- Hoje temos mais um ano de contrato e estou focado em fazê-lo da melhor forma para continuar a dar a este clube o que ele me deu.

O Atlético de Madrid vai fazer a última partida da temporada contra o Villarreal, neste domingo (4), às 13h30 (de Brasília), pela La Liga.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.