Futebol Treinador brasileiro que mora na Ucrânia fala sobre momento da seleção do país na Eurocopa

Treinador brasileiro que mora na Ucrânia fala sobre momento da seleção do país na Eurocopa

Gilmar Tadeu foi o primeiro técnico brasileiro a atuar na divisão de elite da Ucrânia

Lance
Lance

Lance

Lance

A Seleção da Ucrânia tem sido uma das gratas surpresas desta edição da Eurocopa. Depois de despachar a Suécia nas oitavas, os ucranianos enfrentam a Inglaterra, neste sábado (3), às 16h (de Brasília), pelas quartas de final da competição europeia.

Primeiro treinador brasileiro a atuar na divisão de elite da Ucrânia, o técnico Gilmar Tadeu explica um dos motivos desse bom momento da seleção ucraniana. Segundo ele, as idas de jogadores ucranianos para grandes ligas europeias têm colaborado nessa evolução.

– Hoje vejo uma seleção preparada para grandes confrontos e isso se deve ao intercâmbio. Alguns anos atrás os jogadores ucranianos não deixavam o país por conta dos bons salários pagos aqui e da dificuldade de adaptação, lembrando que a referência sempre foi Andriy Shevchenko, e hoje vemos jovens ucranianos saindo para jogar na Europa em grandes ligas – afirmou Gilmar Tadeu.

+ Veja a tabela da Euro e o caminho das seleções até a final

Gilmar fala sobre a expectativa para o confronto e acredita que os ingleses são favoritos para avançar às semifinais. Contudo, aposta em um jogo aberto entre as duas seleções.

– A eliminação na verdade não é um risco, é sempre uma realidade se tratando de um adversário do nível da Inglaterra. Posso te afirmar que existe um respeito muito grande, mas medo não. Será um jogo aberto e que a Ucrânia tem chances ainda que mínimas, haja visto pelos grandes que já deixaram a competição – disse.

Últimas