Torcedores protestam e cobram jogadores do Corinthians no CT

Delegação do clube foi recebida com gritos de ordem. Membros da organizada conversaram com líderes do elenco para cobrar melhora

Torcedores entraram no local de treinamento do Corinthians

Torcedores entraram no local de treinamento do Corinthians

Lance

De volta à capital paulista após a derrota por 2 a 1 para o CSA, na última quarta, o Corinthians foi recebido com protestos na porta do CT Joaquim Grava. Aproximadamente 20 torcedores acompanharam o retorno da delegação alvinegra e cobraram uma mudança de postura da equipe. Alguns deles entraram no centro de treinamento e conversaram com líderes do elenco do Timão, entre eles o goleiro Cássio e o volante Ralf.

Para conter qualquer tipo de problema, viaturas da Polícia Militar foram acionadas e fizeram a escolta do ônibus que trouxe o time do Corinthians de volta de Maceió. Os torcedores protestaram de forma pacífica e, após uma conversa com os seguranças do centro de treinamento, um grupo foi liberado para conversar com os atletas.

Encerrada a cobrança na parte interna do CT Joaquim Grava, os torcedores deixaram o local. Os jogadores do Corinthians fizeram exercícios regenerativos para diminuir o cansaço causado após o duelo da última quarta, contra o CSA, e também pelas quase três horas de viagem de Alagoas até São Paulo.

Pressionado por conta dos sete jogos seguidos sem vitória no Campeonato Brasileiro e a consequente queda na tabela de classificação, o Corinthians volta aos treinos com bola na manhã da próxima sexta. No domingo, a equipe mede forças com o Flamengo, no Maracanã, pela 30ª rodada do torneio nacional.

Vale lembrar que o técnico Fábio Carille está balançando no cargo e pode ser desligado caso não haja uma melhora de desempenho do Corinthians. Na manhã desta quinta, os muros do Parque São Jorge foram pichados e a Gaviões da Fiel, principal organizada do clube, emitiu uma nota oficial cobrando maior entrega em campo dos jogadores.

Guerrero é o 2º! Mas quem é o estrangeiro com mais gols no Brasil?