Futebol Torcedores na França são contra volta de futebol sem público

Torcedores na França são contra volta de futebol sem público

Grupo de ultras de vários clubes assina nota em conjunto e pede que não seja liberada a realização de jogos com portões fechados. Futebol foi paralisado em março

Lance
Lance

Lance

Lance

Enquanto a bola não volta a rolar no Velho Continente por causa da disseminação do coronavírus, autoridades e dirigentes discutem possíveis cenários para o encerramento da temporada que foi paralisada já na parte final. Uma das hipóteses é a realização de partidas sem torcedores nos estádios, o que, no momento, parece o mais próximo de acontecer quando acontecer para evitar aglomerações.

No entanto, a ideia não é vista com bons olhos por todo mundo. Os "ultras", espécie de torcida organizada em alguns países, têm voz ativa no futebol francês, e no que depender deles, o futebol só volta quando puderem assistir aos jogos de seus times.

Recentemente, 45 grupos de torcedores, entre eles os ultras do PSG, escrevem uma carta dizendo ser contra a realização de partidas com portões fechados. O movimento teve apoio da Associação Nacional de Torcedores, que junta as torcidas organizadas na França.

- É urgente esperar. Não é concebível que o futebol seja retomado apenas para as câmeras. Ele deveria ser retomado no devido momento, quando as condições sanitárias e sociais forem atendidas. Quando todos, a começar pelos jogadores e pelos torcedores, puderem retornar aos estádios nas melhores condições. Humanamente. O futebol "a todo custo" é vergonhoso e não tem lugar no futuro - disseram os torcedores.

Últimas