Futebol Torcedor do Corinthians, Giuliano revela ter recebido outras ofertas, mas diz: 'Optei por realizar um sonho'

Torcedor do Corinthians, Giuliano revela ter recebido outras ofertas, mas diz: 'Optei por realizar um sonho'

Sem esconder sua torcida pelo clube desde que chegou, o meia afirmou que recebeu propostas mais vantajosas, no entanto neste momento ele preferiu seguir o coração

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians demorou para contratar seu primeiro reforço para a temporada, mas quando conseguiu fechar o acordo, trouxe um corintiano de coração. Foi isso que Giuliano reafirmou em sua apresentação nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava. Mesmo com propostas mais vantajosas, ele optou por seguir seu coração e defender o Timão, realizando um antigo de sonho de criança.

Em entrevista coletiva no começo desta tarde, o meia não escondeu suas raízes corintianas, assim como já havia feito em vídeo publicado pelo Alvinegro recentemente. Por isso, ele sabe bem o que o espera em relação às cobranças dos torcedores e o tamanho do clube que vai defender daqui para frente.

- Tenho noção, porque iniciei dizendo que era corintiano quando pequeno, sei que essa proporção e cobrança existem, realizo um sonho de menino de vestir essa camisa, representar uma nação grande uma torcida que cobra e apoia e sei que quando a equipe vai bem ajuda na cobrança. Nesses momentos difíceis tem que se unir e fortalecer como entidade, time e torcida e ser um só. Da minha parte não faltará raça e vontade. Estou ansioso pra poder estar 100% fisicamente e ajudar a equipe. Dedicação e trabalho não vão faltar.

Esse desejo de defender a camisa do Corinthians foi tão forte que ele, inclusive, deixou de lado outras propostas, que eram financeiramente mais vantajosas, para poder realizar esse sonho de muitos e muitos anos. Diferentemente de outras oportunidades, em que o acordo não foi possível, dessa vez tudo convergiu para que ele pudesse seguir seu coração e ser jogador do Timão.

- Eu tive ofertas do Brasil e de fora que financeiramente para mim eram melhores, mas no momento eu optei por vir para o Corinthians, porque como eu disse anteriormente era a realização de um sonho. Sigo meu coração, a em relação a minha decisão de vir ao Corinthians é um sonho de menino que realizo, não tive dúvidas, tive outras propostas e vim pra Corinthians porque esse momento de realizar meu sonho - disse o camisa 11 antes de completar:

- Fui sondado várias vezes pelo Corinthians, época do Tite, Mano, e não chegamos a um acordo. Era um outro momento da carreira, estava fora e optei por aprender. Agora é um momento ideal, 31 anos, realizado na carreira, feliz, Deus tem me dado sonhos e mostrou que esse é o caminho.

Mesmo longe e sem poder realizar esse sonho, Giuliano jamais deixou de torcer para o Corinthians, apesar de essa torcida precisar ter sido feita de forma reservada, para evitar problemas com torcedores de outros clubes.

- Depois de profissional você acaba segurando um pouco, porque jogadores tem proporção maior, quando digo que sou torcedor do Corinthians dependendo onde você fala pode dar proporção, sentimento do torcedor ninguém muda, não tem problema, mas às vezes pessoas deturpam, continuei torcendo, mas reservadamente - pontuou.

Sobre suas recordações de infância sobre o clube, Giuliano citou a final do Campeonato Brasileiro de 1998, quando o Timão bateu o Cruzeiro e ficou com o título nacional. Além disso, ele afirmou que gostava muito de Ricardinho e de como jogava a equipe de 2002, comandada por Carlos Alberto Parreira

- Gostava muito do Ricardinho. Lado esquerdo era Kleber, Gil e Ricardinho, era maravilhoso vê-los jogando. Eu me inspirava nele, muito inteligente, característica semelhantes, um jogador de último passe. Eu gostava muito dele.
Tem um jogo contra o Cruzeiro, o atacante era o Dinei e tinha o Mirandinha do lado direito, Campeonato Brasileiro, era Corinthians e Cruzeiro, esse foi o jogo, o Dida era goleiro, um jogo muito bonito. O Corinthians naquela época jogava para frente, time técnico e eu gostava muito de assistir aos jogos do Corinthians - concluiu.

Giuliano deve dar mais um passo na realização deste sonho neste domingo, quando deve estrear pelo clube no clássico diante do Santos, na Vila Belmiro. Com nome no BID e já treinando com o elenco, ele depende apenas de Sylvinho e da comissão técnica Alvinegra para ser relacionado para o jogo.

Últimas